- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo África Ataque atribuído ao Boko Haram faz mais de 50 mortos no nordeste...

Ataque atribuído ao Boko Haram faz mais de 50 mortos no nordeste da Nigéria

(Foto: Reuters)
(Foto: Reuters)

Os atacantes, que circulavam de motorizada, lançaram bombas nas igrejas de Kwada, Ngurojina, Karagau e Kautikari durante a missa de domingo, segundo testemunhas

O último ataque atribuído aos radicais islâmicos do Boko Haram, de várias igrejas no nordeste da Nigéria, causou mais de 50 mortos, disse hoje um responsável local à agência France Presse.

“Até ao momento contámos 54 mortos”, declarou um responsável do estado de Borno, onde ocorreram os ataques no domingo, que não quis ser identificado.

As quatro localidades envolvidas situam-se num raio de 10 quilómetros à volta de Chibok, de onde em meados de abril foram raptadas mais de 200 raparigas.

Os atacantes, que circulavam de motorizada, lançaram bombas nas igrejas de Kwada, Ngurojina, Karagau e Kautikari durante a missa de domingo, segundo testemunhas.

O Estado de Borno está na origem da insurreição islamita na Nigéria há cinco anos, que já causou vários milhares de mortos, 2.500 dos quais desde o início deste ano. (ionline.pt)

- Publicidade -
- Publicidade -

Solução eMIMO da Huawei economiza operações e aumenta a eficiência em sites de telecomunicações

As oportunidades de usar sites de telecomunicações como recursos de energia estão a tornar-se particularmente atraentes em países com condições de rede instáveis. A...
- Publicidade -

“Banquete” da TPA não satisfaz jornalistas angolanos

Série denunciando alegada corrupção de antigos dirigentes vista com tendenciosa e tentativa de “branquear” o actual governo O “Banquete” – a série da Televisão Pública...

Diego Armando Maradona: da Villa Fiorito à glória de um génio

A trajectória de "El Pibe" No dia em que o mundo chora a perda de um dos maiores génios do futebol mundial, recorda-se também uma...

Autoridades angolanas registaram 11 casos de violência contra mulher por dia neste ano

Lançada em Angola campanha de 16 dias de activismo pelo fim da violência contra a mulher Em Angola, as autoridades registaram, pelo menos, 11 casos...

Notícias relacionadas

Solução eMIMO da Huawei economiza operações e aumenta a eficiência em sites de telecomunicações

As oportunidades de usar sites de telecomunicações como recursos de energia estão a tornar-se particularmente atraentes em países com condições de rede instáveis. A...

“Banquete” da TPA não satisfaz jornalistas angolanos

Série denunciando alegada corrupção de antigos dirigentes vista com tendenciosa e tentativa de “branquear” o actual governo O “Banquete” – a série da Televisão Pública...

Diego Armando Maradona: da Villa Fiorito à glória de um génio

A trajectória de "El Pibe" No dia em que o mundo chora a perda de um dos maiores génios do futebol mundial, recorda-se também uma...

Autoridades angolanas registaram 11 casos de violência contra mulher por dia neste ano

Lançada em Angola campanha de 16 dias de activismo pelo fim da violência contra a mulher Em Angola, as autoridades registaram, pelo menos, 11 casos...

Mercado europeu aberto a produtos moçambicanos

Economista Constantino Marrengula não sabe até que ponto a economia moçambicana está preparada para este desafio. O embaixador da União Europeia em Moçambique diz que...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.