- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Lusófono Portugal Marques Mendes: Novo aumento do IRS pode levar CDS a defender eleições...

Marques Mendes: Novo aumento do IRS pode levar CDS a defender eleições antecipadas

 Marques Mendes (D.R.)
Marques Mendes
(D.R.)

O comentador diz que caso o Tribunal Constitucional chumbe os novos cortes salariais para 2015, será preciso aumentar o IVA e o IRS

Marques Mendes considera que um novo aumento do IRS pode levar alguns membros do governo, do lado do CDS, a defenderem a demissão do executivo e a convocação de eleições.

“Imagine-se que o Tribunal Constitucional (TC) diz que não é possível haver mais cortes salariais a partir de 2015. Isto é um buraco monumental. Não chega o IVA para o resolver, é preciso o IVA e o IRS”, começou por dizer, no seu espaço de comentário no “Jornal da Noite”, da SIC. Num cenário desses, acrescentou o social-democrata, alguns membros do CDS sustentam que é preferível o governo demitir-se. “Há muito boa gente do CDS, dentro do partido e do governo, que acha que se for preciso mexer no IRS para aumentar é preferível o governo demitir-se e convocar eleições”, referiu.

Marques Mendes considera ainda que neste momento existe “um braço de ferro entre o PSD e o CDS”, em relação à continuidade da coligação.

“O PSD quer fechar já em Julho uma coligação pé-eleitoral. O CDS quer deixar isso para Setembro. O PSD quer resolver o problema da coligação, o CDS quer resolver em pacote”. Nesse pacote, explicou o comentador, estão, não só a discussão da coligação em si, mas as regras do Orçamento do Estado para 2015, a definição de eventuais reduções do IRS a partir do próximo ano, de alianças para o futuro, mesmo em caso de derrota nas legislativas, e as presidenciais. “O CDS quer ver acertado com o PSD nesta ocasião a estratégia para as eleições presidenciais”, sublinhou.

Sobre a especulação em torno da saída de Paulo Portas da liderança do CDS, Marques Mendes entende que o vice-primeiro-ministro “tem essa ideia na cabeça, a ideia de sair”, no sentido de “não disputar mais eleições”, mas ressalva que poderão haver condicionantes partidárias que determinem a sua continuidade por mais algum tempo.

Ainda sobre lideranças partidárias, o social-democrata comentou os recentes acontecimentos no PS, envolvendo António Costa e António José Seguro. “Acho tudo isto profundamente lamentável. Parece que estamos no domínio do futebol”, afirmou. Marques Mendes considera mesmo que “o pior ainda está para vir”. “Primárias abertas a simpatizantes, como é que isso se controla?”, questionou, acrescentando que a verificarem-se situações semelhantes à de Ermesinde a disputa entre os dois socialistas pela liderança do partido “vai acabar nos tribunais”, o que, segundo diz, é mau não só para imagem do PS, mas dos partidos, em geral.

Caso António Costa seja eleito para secretário-geral do PS, Marques Mendes acredita que o partido vai ter uma liderança mais à esquerda, roubando eleitorado ao PCP e ao BE, o que ao mesmo tempo pode ser uma vantagem para a coligação. Segundo o comentador, PSD e CDS terão aí a oportunidade de recuperar o eleitorado do centro. (ionline.pt)

- Publicidade -
- Publicidade -

Huawei é a marca que mais representa a China

Huawei é a marca de consumo que melhor representa a China, de acordo com uma classificação de força de marca divulgada no fim de...
- Publicidade -

Novos partidos políticos no horizonte em Angola

Analistas questionam surgimento de mais duas formações lideradas por pessoas oriundas da UNITA. O cenário político em Angola pode alargar-se com novos partidos, embora o...

Covid-19: Vacina de Oxford é apenas 70% eficaz

Um resultado considerado aquém dos obtidos pelas vacinas da Pfizer e da Moderna, com índices acima dos 90%. Avacina contra a Covid-19, que está a...

Dois mortos e vários feridos em esfaqueamento em igreja nos EUA

Duas pessoas morreram num esfaqueamento numa igreja na cidade de San José, na Califórnia e várias outras pessoas estão "gravemente feridas", disseram as autoridades...

Notícias relacionadas

Huawei é a marca que mais representa a China

Huawei é a marca de consumo que melhor representa a China, de acordo com uma classificação de força de marca divulgada no fim de...

Novos partidos políticos no horizonte em Angola

Analistas questionam surgimento de mais duas formações lideradas por pessoas oriundas da UNITA. O cenário político em Angola pode alargar-se com novos partidos, embora o...

Covid-19: Vacina de Oxford é apenas 70% eficaz

Um resultado considerado aquém dos obtidos pelas vacinas da Pfizer e da Moderna, com índices acima dos 90%. Avacina contra a Covid-19, que está a...

Dois mortos e vários feridos em esfaqueamento em igreja nos EUA

Duas pessoas morreram num esfaqueamento numa igreja na cidade de San José, na Califórnia e várias outras pessoas estão "gravemente feridas", disseram as autoridades...

Trump dá aval para órgão iniciar transição de governo para Biden

Presidente afirmou que 'pelo melhor do país', protocolos da transição devem ser iniciados após apuração apontar vitória de Joe Biden nas eleições. O presidente dos...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.