- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Mini - cimeira dos líderes da CEEAC marca segundo dia do encontro...

Mini – cimeira dos líderes da CEEAC marca segundo dia do encontro da UA

A realização de uma mini -cimeira dos líderes da Comunidade Económica do Estados da África Central (CEEAC), onde Angola se faz representar por uma delegação chefiada pelo vice-presidente Manuel Domingos Vicente, marca hoje, sexta-feira, em Malabo, Guiné Equatorial, o segundo dia de trabalhos da XXII reunião dos chefes de Estado e de Governo da União Africana (UA).

Mesa de Presidium da Cimeira da União Africana (Foto: Mauro Romeu)
Mesa de Presidium da Cimeira da União Africana (Foto: Mauro Romeu)

Nesta mini – cimeira de concertação, os membros da CEEAC vão analisar questões relacionadas com as decisões da mini -Cimeira que reuniu, recentemente, em Luanda, os Presidentes de Angola, José Eduardo dos Santos, da República do Congo, Denis Sassou Nguesso, e do Tchad, Idrissy Debi.

No centro das discussões estão aspectos relacionados com a situação na região dos Grandes Lagos, com destaque para o Sudão do Sul, na República Centro Africana e na República Democrática do Congo, países que vivem conflitos armados internos.

A iniciativa da mesma (mini -cimeira) visa encontrar formas de redinamizar o processo de transição na RCA, adequando-o a elementos novos resultantes da situação vivida, até a data, completando que estará em análise a possibilidade de as decisões da CEEAC serem endossadas à UA, para que a organização possa também contribuir com medidas que impulsionem a resolução definitiva do diferendo.

No que concerne ao Sudão do Sul, a situação obriga que a comunidade internacional, em particular a africana, adopte medidas urgentes e firmes, tendo em conta que após dois acordos de paz nenhum deles está a ser respeitado.

A questão da RDCongo constitui o centro de maior instabilidade, já que concentra grande parte das forças negativas que influenciam não só a situação neste país como em toda a região dos Grandes Lagos.

Após a mini – cimeira, o encontro dos Chefes de Estado e Governo da União Africana, que deverá terminar ainda hoje, sexta-feira, prossegue com uma sessão pública onde os líderes vão debruçar-se ou adoptar o projecto de Carta Africana sobre os Valores e Princípios de Descentralização, Governação Local e Desenvolvimento Local.

Vão também examinar o Projecto de Protocolo sobre o Estatuto do Tribunal Africano de Justiça e dos Direitos Humanos e o Projecto de Protocolo ao Acto Constitutivo da União Africana relativo ao Parlamento Pan -africano.

A agenda de trabalhos desta 23ª sessão ordinária é completada com a análise pelos líderes africanos de um conjunto de relatórios sobre as actividades realizadas pelos diferentes órgãos da organização durante os últimos seis meses.

Trata-se do Relatório de Avaliação da Agenda 2063 da UA apresentado pela Comissão da UA; e do Relatório do Conselho de Paz e Segurança (CPS) sobre as suas actividades e o Estado de Paz e Segurança em África, incluindo as actividades do Painel dos Sábios e a renovação dos seus mandatos.

Serão ainda apreciados os relatórios da Comissão sobre Fontes Alternativas de Financiamento da UA e da Comissão sobre a Implementação da Estratégia Africana Integrada para os Mares e Oceanos 2050 (EAI 2050). (portalangop.co.ao)

- Publicidade -
- Publicidade -

País em fase de mudanças na Justiça – PGR

A Procuradora-Geral-Adjunta da República, Margarida Gonçalves, destacou, nesta segunda-feira, em Luanda, que o país está numa fase de grandes mudanças a nível da Justiça. A...
- Publicidade -

Bispo e pastores da IURD condenados com pena suspensa

O Tribunal Municipal do Talatona condenou, nesta segunda-feira, um bispo e dois pastores da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD), a 45 dias...

Activos recuperados são “tóxicos” para os cofres públicos

Parte significativa dos activos constituídos com fundos públicos que estão a ser recuperados pelo Executivo são considerados tóxicos, segundo especialistas ouvidos pelo Expansão, já...

Melania levará 50 milhões pelo divórcio

Com Donald Trump fora da Casa Branca, a mulher do Presidente está a contar os minutos para acabar com o casamento, que há muito...

Notícias relacionadas

País em fase de mudanças na Justiça – PGR

A Procuradora-Geral-Adjunta da República, Margarida Gonçalves, destacou, nesta segunda-feira, em Luanda, que o país está numa fase de grandes mudanças a nível da Justiça. A...

Bispo e pastores da IURD condenados com pena suspensa

O Tribunal Municipal do Talatona condenou, nesta segunda-feira, um bispo e dois pastores da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD), a 45 dias...

Activos recuperados são “tóxicos” para os cofres públicos

Parte significativa dos activos constituídos com fundos públicos que estão a ser recuperados pelo Executivo são considerados tóxicos, segundo especialistas ouvidos pelo Expansão, já...

Melania levará 50 milhões pelo divórcio

Com Donald Trump fora da Casa Branca, a mulher do Presidente está a contar os minutos para acabar com o casamento, que há muito...

Afreximbank em alta, depois da crise

Sob a liderança de Benedict Oramah, reeleito como seu presidente em Junho, o banco pan-africano conseguiu desenvolver novos instrumentos para se adaptar à nova...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.