- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Maputo: EUA anunciam intenção de aderir ao tratado de minas terrestres

Maputo: EUA anunciam intenção de aderir ao tratado de minas terrestres

Os Estados Unidos anunciaram hoje em Maputo, na conferência de revisão da Convenção de Otava para a erradicação de minas terrestres, a intenção de aderir ao tratado internacional que vincula 161 países.

(Foto:Lusa)
(Foto:Lusa)

Dirigindo-se ao plenário da conferência em Maputo, perante cerca de 800 delegados, o embaixador norte-americano em Maputo, Douglas Griffiths, anunciou que os Estados Unidos “não vão produzir ou adquirir no futuro qualquer armamento antipessoal que não esteja de acordo com a Convenção de Otava, incluindo na reposição do armamento que entretanto expirar”.

“Estamos à procura entretanto de outras soluções compatíveis com a Convenção de Otava e que, no final, nos permitam aderir à Convenção”, declarou o diplomata, sem se comprometer com datas.

As autoridades norte-americanas estão a realizar estudos para encontrar alternativas e “reduzir o risco associado à perda de minas terrestres antipessoais”, disse Douglas Griffiths, acrescentando que outros aspetos da política sobre este armamento estão a ser considerados.

Embora não seja parte da convenção que entrou em vigor há 15 anos, “os Estados Unidos aplaudem os progressos significativos alcançados até à data pelos estados-membros na abordagem ao impacto humanitário das minas terrestres antipessoais”.

Falando aos jornalistas após a declaração do embaixador dos Estados Unidos, Steven Costner, vice-diretor do Escritório de Eliminação e Abate de Armas do Departamento de Estado, esclareceu que o seu país ainda não está em condições de aderir à Convenção de Otava, porque se reserva ao direito de usar minas terrestres e mantém este armamento nos seus arsenais, contrariando o texto do tratado.

“Não há prazo para fechar isto, será feito quando tiver de ser feito”, disse Steven Costner, garantindo que “é objetivo da administração [do Presidente norte-americano Barack] Obama concluir a revisão” da política de minas.

“O centro da questão está no desenvolvimento de novas tecnologias” para encontrar alternativas às minas terrestres, segundo o enviado a Maputo do Departamento de Estado, sem precisar o tipo de solução em análise, e depois na destruição dos seus arsenais.

“Mas para os Estados Unidos, a questão mais importante não é a dos ?stocks’, é a do uso ou não uso” de minas terrestres, acrescentou Steven Costner, lembrando que as forças armadas norte-americana não recorrem a este armamento há mais de 20 anos.

O enviado da diplomacia de Washington destacou ainda que “os Estados Unidos têm sido o ator humanitário mais importante” na erradicação de minas terrestres, tendo gasto 2,3 mil milhões de dólares (1,7 mil milhões de euros) desde 1993 em ações de desminagem.

Na quinta-feira, a ativista norte-americana e Prémio Nobel da Paz Jody Williams considerou “uma vergonha” a ausência dos Estados Unidos do tratado internacional sobre desminagem.

“Ainda são 36 países, incluindo o meu, Estados Unidos, China, Rússia, Índia, Paquistão, Cuba”, afirmou, em entrevista à Lusa, Jody Williams, referindo-se às ausências da Convenção de Otava.

“Claro que os Estados Unidos irritam-me”, admitiu a fundadora da Campanha Internacional para a Erradicação de Minas (ICBL, na sigla em inglês), com a qual partilhou o Prémio Nobel da Paz em 1997. “Dizer que isto é embaraçoso já é impróprio, acho que é uma vergonha”, lamentou.

A conferência de revisão da Convenção de Otava termina hoje em Maputo, ao fim de cinco dias de trabalhos, devendo ser adotado o compromisso pelos 161 estados-membros, incluindo Portugal, da erradicação total de minas terrestres antipessoais até 2025. (noticiasaominuto.com)

- Publicidade -
- Publicidade -

Polícia cubana detém activistas entrincheirados em protesto pela condenação de um colega

Seis membros do grupo San Isidro estavam em greve de fome Um grupo de artistas cubanos que estava entrincheirado há 10 dias numa casa do...
- Publicidade -

JLo: Propaganda e Culto da Personalidade

"João Lourenço: Contigo é Possível". Foi este o slogan escolhido pelo MPLA para uma intensa campanha nas redes sociais nos últimos dias. Vinha junto...

Trump admite deixar a Casa Branca se o Colégio Eleitoral votar em Joe Biden

Presidente reiterou "fraudes massivas" e disse que "somos um país do terceiro mundo" O Presidente americano Donald Trump disse que deixará a Casa Branca se...

Covid-19. Cuba anuncia duas vacinas e já conta com quatro possíveis fármacos

Cuba anunciou quinta-feira que vai começar os ensaios clínicos de dois projectos de vacinas contra a Covid-19, que aumentam para quatro o número de...

Notícias relacionadas

Polícia cubana detém activistas entrincheirados em protesto pela condenação de um colega

Seis membros do grupo San Isidro estavam em greve de fome Um grupo de artistas cubanos que estava entrincheirado há 10 dias numa casa do...

JLo: Propaganda e Culto da Personalidade

"João Lourenço: Contigo é Possível". Foi este o slogan escolhido pelo MPLA para uma intensa campanha nas redes sociais nos últimos dias. Vinha junto...

Trump admite deixar a Casa Branca se o Colégio Eleitoral votar em Joe Biden

Presidente reiterou "fraudes massivas" e disse que "somos um país do terceiro mundo" O Presidente americano Donald Trump disse que deixará a Casa Branca se...

Covid-19. Cuba anuncia duas vacinas e já conta com quatro possíveis fármacos

Cuba anunciou quinta-feira que vai começar os ensaios clínicos de dois projectos de vacinas contra a Covid-19, que aumentam para quatro o número de...

Amor em tempos de cólera

Inspirados pela magia literária de Gabriel Garcia Marquez, acreditamos na nova aurora de liberdade proclamada em 2017 pelo Presidente João Lourenço, mas, três anos...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.