- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola EUA: Obama pede US$ 500 milhões ao Congresso para treinar opositores na...

EUA: Obama pede US$ 500 milhões ao Congresso para treinar opositores na Síria

(Foto de HO/SANAA/AFP)
(Foto de HO/SANAA/AFP)

O presidente americano, Barack Obama, pediu ao Congresso dos Estados Unidos que autorize uma partida orçamentária de US$ 500 milhões para “treinar e equipar” a oposição moderada armada na Síria, informou a Casa Branca nesta quinta-feira.

“Esses fundos vão ajudar os sírios em sua defesa, a estabilizar as zonas sob controle da oposição, a facilitar o fornecimento de serviços essenciais, a contrabalançar as ameaças terroristas e a propiciar as condições de um acordo negociado”, justificou Obama, preocupado com o influência dos extremistas sunitas do Estado Islâmico do Iraque e do Levante (EIIL) na Síria e no território iraquiano.

Oficialmente, o apoio americano aos rebeldes sírios se limitava até agora a uma “ajuda não letal” no valor de 287 milhões de dólares, embora a CIA esteja presente na Jordânia em um projecto de formação militar de rebeldes moderados.

Os 500 milhões de dólares solicitados por Barack Obama fazem parte de um orçamento de 1,5 bilhão de dólares para ajudar a oposição síria e os vizinhos Jordânia, Líbano, Turquia e Iraque, que sofrem as repercussões do conflito.

Obama havia mencionado essa mudança durante um discurso feito na Academia Militar de West Point.

“Se continuamos acreditando que não há solução militar para a crise e que os Estados Unidos não devem enviar tropas para combater na Síria, esta solicitação (ao Congresso) dá um passo a mais para ajudar o povo sírio a se defender dos ataques do regime e a rechaçar o número crescente de extremistas, como o EIIL”, acrescentou nesta quinta a Casa Branca.

O governo americano está preocupado com a progressão dos rebeldes islamitas no Iraque por considerar que estes podem desestabilizar toda a região com suas ramificações na Síria e em outros países. (afp.com)

- Publicidade -
- Publicidade -

Tortuosos caminhos da liberdade (IV)

Arranco decidido para a terceira etapa do meu percurso, com o foco da corrupção a ocupar, bem contra a minha vontade – devo confessar...
- Publicidade -

Inaugurado em Luanda: Presidente propõe criação de fundo para manutenção do Arquivo Nacional

João Lourenço defende que a utilização do espaço deve obedecer a critérios que não pesem no bolso dos cidadãos, para que as pessoas possam...

Reações.Violência policial na França: a imprensa estrangeira em choque

Deriva autoritária? Caso George Floyd ao estilo francês? Após a divulgação de imagens da agressão a um produtor negro pela polícia e enquanto uma...

Falta de comida leva ursos a atacar túmulos na Rússia

Animais procuraram forma de sobreviver à fome O comportamento incomum dos animais foi observado em mais do que uma cidade, mas foi o município russo...

Notícias relacionadas

Tortuosos caminhos da liberdade (IV)

Arranco decidido para a terceira etapa do meu percurso, com o foco da corrupção a ocupar, bem contra a minha vontade – devo confessar...

Inaugurado em Luanda: Presidente propõe criação de fundo para manutenção do Arquivo Nacional

João Lourenço defende que a utilização do espaço deve obedecer a critérios que não pesem no bolso dos cidadãos, para que as pessoas possam...

Reações.Violência policial na França: a imprensa estrangeira em choque

Deriva autoritária? Caso George Floyd ao estilo francês? Após a divulgação de imagens da agressão a um produtor negro pela polícia e enquanto uma...

Falta de comida leva ursos a atacar túmulos na Rússia

Animais procuraram forma de sobreviver à fome O comportamento incomum dos animais foi observado em mais do que uma cidade, mas foi o município russo...

LIMA tem nova líder no Bengo

A nova presidente provincial do Bengo da Liga da Mulher Angolana (LIMA), Ana Paula Afonso, foi investida, ontem, em Caxito, substituindo Ana José Chumbo. A...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.