- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Economia BES Angola não prevê alterações com saída de Ricardo Salgado do banco...

BES Angola não prevê alterações com saída de Ricardo Salgado do banco português

(jornaldenegocios.pt)
(jornaldenegocios.pt)

O presidente da Comissão Executiva do Banco Espírito Santo Angola (BESA), Rui Guerra, disse que as mudanças na gestão do maior accionista, com a saída de Ricardo Salgado da presidência executiva do BES, não implicam alterações na operação angolana.

“Não perspectivo qualquer tipo de alteração. Nesta altura, a relação entre o Banco Espírito Santo [BES] e os accionistas angolanos é muito, muito positiva”, disse Rui Guerra, à margem do IV Fórum Banca promovido pelo jornal “Expansão”, que se realizou hoje em Luanda.

Uma nota emitida a 20 de Junho pela Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) acabou por confirmar a saída de Ricardo Salgado da presidência executiva do BES, ao fim de mais de vinte anos, dando conta da convocatória para a assembleia geral da instituição.

O actual administrador financeiro daquela instituição bancária, Amílcar Morais Pires, é o nome proposto para ser o novo presidente executivo do BES.

O capital do BESA é detido em 55,71% pelo Banco Espírito Santo português.

“Há uma aposta clara por parte do Banco Espírito Santo desde sempre em África, e em particular em Angola, e que continua. Faz parte dos seus projectos. Não perspectivo nenhuma alteração relativamente a Angola”, enfatizou Rui Guerra, quando questionado pelos jornalistas sobre o futuro do BESA, tendo em conta as alterações na gestão do maior accionista.

De acordo com informação da própria instituição, o BESA conta com cerca de mil funcionários e, além do banco português, conta na sua estrutura accionista com a Portmill (24%) e o Grupo GENI (18,99%), assim como outros accionistas individuais (1,3%). (jornaldenegocios.pt)

por Lusa

- Publicidade -
- Publicidade -

Mexidas: Nuno Carnaval rende Ana Paula Neto no cargo de titular da Juventude e Desportos

Nuno (dos Anjos Caldas Albino) Carnaval, actual secretario de Estado da Comunicação Social, poderá render, nos próximos dias, Ana Paula da Silva do Sacramento...
- Publicidade -

Rafael Savimbi aconselha PR João Lourenço, a organizar eleições autárquicas em 2021 e a promover a descentralização no país

Numa intervenção no Forum Angola, organizado pelo Instituto Real de Relações Internacionais Chatham House, o dirigente da União Nacional para a Independência Total de...

Odebrecht instala mecanismos anti-corrupção e deixa de estar sob monitorização externa

A Odebrecht anunciou que está concluída a monitorização externa independente à empresa de engenharia e construção, que decorria há quase 4 anos, pelo Departamento...

Governo vai financiar estágios profissionais para jovens

O Presidente da República, João Lourenço, aprovou um programa de estágios profissionais para jovens que tenham um curso técnico-profissional, um curso de formação profissional,...

Notícias relacionadas

Mexidas: Nuno Carnaval rende Ana Paula Neto no cargo de titular da Juventude e Desportos

Nuno (dos Anjos Caldas Albino) Carnaval, actual secretario de Estado da Comunicação Social, poderá render, nos próximos dias, Ana Paula da Silva do Sacramento...

Rafael Savimbi aconselha PR João Lourenço, a organizar eleições autárquicas em 2021 e a promover a descentralização no país

Numa intervenção no Forum Angola, organizado pelo Instituto Real de Relações Internacionais Chatham House, o dirigente da União Nacional para a Independência Total de...

Odebrecht instala mecanismos anti-corrupção e deixa de estar sob monitorização externa

A Odebrecht anunciou que está concluída a monitorização externa independente à empresa de engenharia e construção, que decorria há quase 4 anos, pelo Departamento...

Governo vai financiar estágios profissionais para jovens

O Presidente da República, João Lourenço, aprovou um programa de estágios profissionais para jovens que tenham um curso técnico-profissional, um curso de formação profissional,...

Potencial petrolífero é de 40 mil milhões de dólares

As empresas angolanas do sector petrolífero apenas aproveitam cerca de 10 por cento do potencial estimado em 40 mil milhões de dólares que a...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.