- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Zaire: Luta dos angolanos foi determinante na redefinição geopolítica em África

Zaire: Luta dos angolanos foi determinante na redefinição geopolítica em África

M’banza-Congo – O chefe de departamento de ensino e planificação do Instituto de Defesa Nacional (IND), coronel Paulo Júnior, afirmou quarta-feira, em M’banza-Congo (Zaire), que a luta tenaz do povo angolano pela independência e defesa da soberania nacional foi determinante na redefinição da geopolítica em África.

(D.R)
(D.R)

Ao dissertar o tema  “O Papel das Organizações Internacionais na Resolução de Conflitos”, enquadrado na Jornada de Defesa Nacional, que decorreu nesta cidade, o militar sublinhou que este papel heróico permitiu ao país a criação de um estado seguro que ruma ao desenvolvimento.

Destacou a política de não-alinhamento adoptada por Angola desde a sua independência, que coibiu a instalação de bases militares estrangeiras ligadas a certos blocos militares das grandes potências dentro do território nacional.

O coronel Paulo Júnior referiu que com as reformas políticas operadas no século XXI no mundo, Angola teve que readaptar-se aos novos tempos e redefinir a sua política externa em relação às grandes potências, assim como a sua posição no que concerne à defesa interna do país.

Debruçando-se sobre o papel das organizações internacionais na resolução de conflitos, no caso específico da Organização das Nações Unidas (ONU), o coronel das FAA explicou que se rege nos princípios estabelecidos pela carta da organização que regula a convivência dos estados.

Dentro os princípios enumerados destacam-se os de não-agressão, solução pacífica das controversas internacionais, autodeterminação dos povos, coexistência pacífica e de continuidade dos estados e do cumprimento dos acordos assumidos na arena internacional, entre outros.

Defendeu, por outro lado, a necessidade de se operar algumas reformas no seio da ONU para que de facto se tenha uma organização como foi delineada na conferência constitutiva, em 1945 em São Francisco (EUA), jogando o seu verdadeiro papel de manutenção de paz e da segurança internacional.

A jornada de defesa nacional foi aberta pelo governador do Zaire, José Joanes André, que na ocasião destacou o pronunciamento do comandante em chefe das FAA, José Eduardo dos Santos.

O evento enquadrou-se num ciclo de palestras que o Instituto de Defesa Nacional leva a cabo ao nível nacional com vista a formar e informar a sociedade sobre o papel deste organismo no contexto da defesa do país.

Na jornada foram também abordados temas como “ Política Externa e Diplomacia e As Relações Civis e Militares” e contou com a participação do director geral do instituto, tenente general João José Afonso da Silva “ Mayunga” e o director geral adjunto para a área Pedagógica, brigadeiro Manuel Borges da Conceição “Maneco”.

Tomaram ainda parte o comandante da 2ª divisão da região militar norte, tenente general António Valeiro, entre outros altos oficiais da instituição militar.

O evento foi dirigido aos efectivos das FAA, Polícia Nacional, membros do governo local, deputados, magistrados, políticos, entidades religiosas e eclesiásticas, estudantes universitários, entre outros convidados. (portalangop.co.ao)

- Publicidade -
- Publicidade -

Marcelo marca eleições presidenciais portuguesas para dia 24 de Janeiro

O Presidente da República de , Marcelo Rebelo de Sousa, marcou hoje as eleições presidenciais para 24 de Janeiro de 2021. "Nos termos previstos na...
- Publicidade -

Nova onda de raptos inquieta empresários moçambicanos

Uma nova onda de raptos está a inquietar empresários nas principais cidades moçambicanas e há receios de impacto negativo nos investimentos. Os últimos casos incluem...

Plano Estratégico da CEEAC analisado pelos ministros

Reunião prepara 18ª Sessão Ordinária da Conferência de Chefes de Estado e de Governo, agendada para sexta-feira Os ministros das Relações Exteriores e dos Negócios...

Bandeiras da UNITA voltam a ser destruídas no Kwanza Norte

O partido UNITA em Ndalatando, província angolana do Kwanza Norte, foi alvo de ataques na madrugada deste domingo (22.11), depois que as suas bandeiras...

Notícias relacionadas

Marcelo marca eleições presidenciais portuguesas para dia 24 de Janeiro

O Presidente da República de , Marcelo Rebelo de Sousa, marcou hoje as eleições presidenciais para 24 de Janeiro de 2021. "Nos termos previstos na...

Nova onda de raptos inquieta empresários moçambicanos

Uma nova onda de raptos está a inquietar empresários nas principais cidades moçambicanas e há receios de impacto negativo nos investimentos. Os últimos casos incluem...

Plano Estratégico da CEEAC analisado pelos ministros

Reunião prepara 18ª Sessão Ordinária da Conferência de Chefes de Estado e de Governo, agendada para sexta-feira Os ministros das Relações Exteriores e dos Negócios...

Bandeiras da UNITA voltam a ser destruídas no Kwanza Norte

O partido UNITA em Ndalatando, província angolana do Kwanza Norte, foi alvo de ataques na madrugada deste domingo (22.11), depois que as suas bandeiras...

Nova Iorque: Corpos ficam em caminhões por famílias não terem dinheiro de enterros

Das centenas de corpos que estão armazenados em caminhões frigoríficos em Nova York, muitos são de pessoas cujos familiares não têm dinheiro para as...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.