InicioAngolaSecretário de Estado do Minint defende continua formação dos efectivos

Secretário de Estado do Minint defende continua formação dos efectivos

O Secretário de Estado do Interior para Asseguramento Técnico, Hermenegildo José Félix, defendeu hoje, quinta-feira, em Luanda, a necessidade de a instituição continuar a apostar na formação técnico-profissional do homem, no sentido de melhorar as condições de trabalho e aperfeiçoamento em meios técnicos e matérias.

Hemenegildo José Felex - Secretário de Estado para o Asseguramento Técnico (Foto: Pedro Parente)
Hemenegildo José Felex – Secretário de Estado para o Asseguramento Técnico (Foto: Pedro Parente)

O Secretário do Estado do Interior fez esse pronunciamento quando discursava na cerimónia de abertura da 1ª Reunião Metodológica dos Órgãos de Inspecção do Ministério do Interior (Minint), que decorre sob o lema “Por uma inspecção preventiva”.

Segundo Hermenegildo Félix, para que sejam cumpridas com êxito as suas atribuições os efectivos da inspecção geral devem sempre pautar a sua actuação por uma postura e conduta vincadamente profissional, com base nos princípios da legalidade, urbanidade imparcialidade de modo a merecer a confiança depositada.

Referiu ainda que o escopo da actividade inspectiva no Ministério do Interior deve estar subordinado ao nobre princípio de integridade, onde os valores éticos e morais constituem o principal barómetro de toda a actuação.

“Os seus efectivos a todos os níveis devem ser exemplares, agindo sempre com bastante transparência e profissionalismo” recomendou.

Neste caso, devemos todos lutar pela preservação do bom nome da instituição, dando luta sem quartel a todos aqueles que optarem por maus caminhos, sentindo-se impunes a quaisquer sanções.

Disse que a acção preventiva e pedagógica deve ser convenientemente aprimorada porque a experiência demonstra que o seu efeito multiplicador tem um significativo grau de abrangência, por isso permanentemente recomendável.

Neste sentido, o secretário salientou a necessidade de continuarem a realizar acções de sensibilização orientadas com métodos pedagógicos para educar os funcionários que continuam a  enveredar por caminhos de ilegalidade.

O secretário pediu ainda aos participantes a continuarem a instaurar os competentes processos disciplinares, independentemente dos criminais, se matéria houver, publicitando sempre os seus resultados para melhor prevenção social.

Por outra lado, considerou importante a realização da reunião pois o momento é de acção.

Por isso, “espero que neste  encontro se debruce sobre as questões mais candentes do programa do Ministério do Interior para os próximo tempos.

Segundo o programa, durante o encontro os participantes irão abordar temas como” Actividade de inspecção, auditoria, fiscalização dos órgãos e serviços da administração directa e indirecta do estado”, “Princípios deontológicos que norteiam a acção inspectiva na relação serviço inspectivo e serviço inspeccionado”, entre outros.

Estiveram presente na cerimónia de abertura o Secretario de Estado do Interior para os Seerviços de Protecção Civil e Bombeiros, Eugénio Laborinho, o comandante- geral da Polícia Nacional comissário-geral Ambrósio de Lemos, membros do Conselho Consultivo da Inspecção Geral, Chefes de Inspecção dos Órgãos Executivos Centrais, Directores de Inspecção dos Comandos Provinciais da Polícia Nacional de entre outros funcionários ligados à actividade de Inspecção. (portalangop.co.ao)

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.