- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Ministro da Construção quer revitalização de empresas do sector

Ministro da Construção quer revitalização de empresas do sector

O Ministro da Construção, Waldemar Pires Alexandre, disse no fim-de-semana que a assistência técnica e a capacitação de quadros constituem domínios que vão beneficiar do acordo de cooperação entre Angola e Cuba, com vista à revitalização das empresas públicas do sector.

Ministro da Construção, Waldemar Pires Alexandre (Foto: Lino Guimarães)
Ministro da Construção, Waldemar Pires Alexandre (Foto: Lino Guimarães)

Em declarações à Angop e ao Jornal de Angola, no âmbito da visita do Presidente da República, José Eduardo dos Santos, a Cuba, o ministro Waldemar Pires reconheceu a capacidade técnica dos cubanos na área da construção e adiantou que a Empresa Nacional de Pontes deverá contar com especialistas deste país para a sua revitalização.

“O sector da construção está a desencadear um amplo processo para reparação das suas empresas e esta oportunidade surge de forma ímpar. As componentes formação e prestação de assistência técnica deverão constar desse memorando de entendimento”, acrescentou.

Segundo referiu, o sector tem um programa cujas metas estão definidas no Plano Nacional de Desenvolvimento 2013/2017 e esta cooperação representa uma mais-valia, fundamentalmente no domínio das infra-estruturas rodoviárias.

Realçou o engajamento de empresas cubanas nos mais variados programas de recuperação de infra-estruturas sob responsabilidade do Ministério da Construção, nomeadamente na edificação de pontes e estradas.

As repúblicas de Angola e de Cuba rubricaram no passado dia 18, em Havana, capital cubana, um memorando de entendimento sobre a adjudicação de novas obras nas áreas de construção civil e obras públicas para o período 2014/2017.

Na presença do Chefe de Estado angolano, José Eduardo dos Santos, e do seu homólogo Raul Castro, subscreveram o documento o ministro das Relações Exteriores, Georges Chikoti, e o vice-presidente do Conselho de Ministros da República de Cuba, Ricardo Cabrissas. (portalangop.co.ao)

- Publicidade -
- Publicidade -

[Tribune] Angola: os desafios da renacionalização

Os activos imobiliários públicos aumentaram mais de 1,8 mil milhões de euros no âmbito do processo de recuperação. Essas transferências de propriedade e outras...
- Publicidade -

Solução eMIMO da Huawei economiza operações e aumenta a eficiência em sites de telecomunicações

As oportunidades de usar sites de telecomunicações como recursos de energia estão a tornar-se particularmente atraentes em países com condições de rede instáveis. A...

“Banquete” da TPA não satisfaz jornalistas angolanos

Série denunciando alegada corrupção de antigos dirigentes vista com tendenciosa e tentativa de “branquear” o actual governo O “Banquete” – a série da Televisão Pública...

Diego Armando Maradona: da Villa Fiorito à glória de um génio

A trajectória de "El Pibe" No dia em que o mundo chora a perda de um dos maiores génios do futebol mundial, recorda-se também uma...

Notícias relacionadas

[Tribune] Angola: os desafios da renacionalização

Os activos imobiliários públicos aumentaram mais de 1,8 mil milhões de euros no âmbito do processo de recuperação. Essas transferências de propriedade e outras...

Solução eMIMO da Huawei economiza operações e aumenta a eficiência em sites de telecomunicações

As oportunidades de usar sites de telecomunicações como recursos de energia estão a tornar-se particularmente atraentes em países com condições de rede instáveis. A...

“Banquete” da TPA não satisfaz jornalistas angolanos

Série denunciando alegada corrupção de antigos dirigentes vista com tendenciosa e tentativa de “branquear” o actual governo O “Banquete” – a série da Televisão Pública...

Diego Armando Maradona: da Villa Fiorito à glória de um génio

A trajectória de "El Pibe" No dia em que o mundo chora a perda de um dos maiores génios do futebol mundial, recorda-se também uma...

Autoridades angolanas registaram 11 casos de violência contra mulher por dia neste ano

Lançada em Angola campanha de 16 dias de activismo pelo fim da violência contra a mulher Em Angola, as autoridades registaram, pelo menos, 11 casos...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.