- Publicidade-
InicioAngolaAngola quer empresários com capacidade técnica

Angola quer empresários com capacidade técnica

O Executivo pretende atrair empresas britânicas do sector mineiro com capacidade técnica e financeira para apostar na exploração do ferro, ouro, fosfato, cobre e rochas ornamentais, anunciou o secretário de Estado da Geologia e Minas, Miguel Bondo.

(Foto: Paulo Mulaza)
(Foto: Paulo Mulaza)

O secretário de Estado apresentou projectos do sector mineiro durante uma reunião que manteve no Ministério da Geologia e Minas com uma delegação britânica chefiada pelo ministro para os Negócios Estrangeiros e Assuntos Africanos, Mark Simmonds.

Miguel Bondo lembrou que Angola tem contribuído de forma significativa para o “Processo Kimberley” (certificação de diamantes), partilhando a sua experiência sobre a exploração artesanal aluvionar de diamantes. “Angola pretende liderar a exploração industrial e artesanal de diamantes e a sua comercialização para o benefício das comunidades”, disse.

O secretário de Estado indicou que “a missão e visão de Angola consistem em cooperar com a China para a consolidação do Sistema de Certificação do Processo Kimberley, com o objectivo de conter o fluxo de diamantes em conflito, aplicando um mecanismo eficaz de combate ao comércio ilícito dos minerais”.

Nessa perspectiva, avançou que os desafios de Angola para a presidência do Processo Kimberley consistem num diálogo aberto entre os governos, indústria e a sociedade civil. “O Processo Kimberley é reconhecido como um instrumento singular das Nações Unidas para a prevenção de conflitos e promoção da paz, segurança e estabilidade no mundo”, sublinhou Miguel Bondo.

O secretário de Estado da Geologia e Minas indicou que decorre a execução do Plano Nacional de Geologia, para melhorar o grau de conhecimento geológico e planeamento da exploração mineira. O ministro para os Negócios Estrangeiros e Assuntos Africanos, Mark Simmonds, disse que existe uma vontade das empresas britânicas em ter acesso às licenças de exploração de minerais e participar no estudo geológico que decorre no país. (jornaldeangola.co.ao)

 

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.