- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo África Presidente do Egito recusa interferir na prisão de jornalistas estrangeiros

Presidente do Egito recusa interferir na prisão de jornalistas estrangeiros

(EURONEWS)
(EURONEWS)

O recém-eleito presidente do Egito recusa interferir no caso da prisão de três jornalistas da Al-Jazeera, condenados segunda.-feira por um tribunal do Cairo a penas entre 7 e 10 anos de prisão, por “apoio a uma organização terrorista” – no caso, a Irmandade Muçulmana.

Pressionado para interferir pela comunidade internacional – incluindo as Nações Unidas e de forma particular os Estados Unidos e a Austrália -, Abdel Fatah al-Sisi sublinhou a independência democrática da justiça. “Não vamos interferir nas decisões do tribunal. Se queremos ter boas instituições de Estado no Egito, temos de antes de mais de respeitar as decisões judiciais e não criticar essas instituições. Mesmo que outros não percebam as decisões tomadas”, afirmou o novo chefe de Estado egípcio, à margem de uma cerimónia militar.

Os três jornalistas da Al-Jazeera condenados são o australiano Peter Greste; um egípcio com passaporte canadiano, Mohamed Fadel Fahmy (chefe da delegação da estação árabe no Cairo), e um egípcio, Baher Mohamed. Camberra considera a condenação um ato político, com alguns observadores internacionais a consubstanciar esta alegação com o argumento de os três jornalistas estarem a ser vítimas colaterais de um conflito diplomático entre o Egito e o Catar, devido ao apoio do Emirado que detém a Al-Jazeera ao anterior presidente, o deposto e encarcerado Mohamed Morsi, e às críticas à ofensiva das autoridades egípcias contra a Irmandade Muçulmana.

O primeiro-ministro australiano, Tony Abbott, pede uma solução diplomática: “O que não queremos é entrar numa estéril diplomacia de megafone. Isso não vai ajudar de forma alguma o Peter Greste. Nem os dois colegas dele da Al-Jazeera. O que queremos é conversar calma, tranquila e racionalmente com o governo do Egito.”

Os três jornalistas da Al-Jazeera foram julgados num processo que envolve vinte pessoas, incluindo também dois britânicos ao serviço de uma cadeia televisiva holandesa. Foram todos condenados por alegadamente denegrir a imagem do Egito e difundir notícias falsas. (euronews.com)

- Publicidade -
- Publicidade -

Activista Mensageiro Andrade denuncia desumanas condições das celas prisionais na Huíla

Autoridades admitem precariedade das condições das celas policiais mas as atribuem à conjuntura do país O activista cívico angolano Manuel Andrade, recentemente condenado a três...
- Publicidade -

Filha de Samora Machel entre as 100 mulheres mais influentes do mundo

Josina Machel, a filha de Graça e Samora Machel, é uma das 100 mulheres mais influentes do mundo, na lista da BBC. Ativista, criou...

César Freitas: “Saúde infantil em Angola é um desafio”, desde o acesso a cuidados às doenças infecciosas

Esta semana, o convidado da Angola Saúde em Foco é o dr. César Freitas, médico pediatra no Hospital David Bernardino em Luanda e secretário...

Programa psicoterapêutico desenvolvido na UC reduz o sofrimento de mulheres com cancro da mama

Um programa de intervenção psicológica para contexto oncológico, desenvolvido na Universidade de Coimbra (UC), mostrou ser eficaz na diminuição do sofrimento de mulheres com...

Notícias relacionadas

Activista Mensageiro Andrade denuncia desumanas condições das celas prisionais na Huíla

Autoridades admitem precariedade das condições das celas policiais mas as atribuem à conjuntura do país O activista cívico angolano Manuel Andrade, recentemente condenado a três...

Filha de Samora Machel entre as 100 mulheres mais influentes do mundo

Josina Machel, a filha de Graça e Samora Machel, é uma das 100 mulheres mais influentes do mundo, na lista da BBC. Ativista, criou...

César Freitas: “Saúde infantil em Angola é um desafio”, desde o acesso a cuidados às doenças infecciosas

Esta semana, o convidado da Angola Saúde em Foco é o dr. César Freitas, médico pediatra no Hospital David Bernardino em Luanda e secretário...

Programa psicoterapêutico desenvolvido na UC reduz o sofrimento de mulheres com cancro da mama

Um programa de intervenção psicológica para contexto oncológico, desenvolvido na Universidade de Coimbra (UC), mostrou ser eficaz na diminuição do sofrimento de mulheres com...

Programa americano Visa Bond não terá impacto na maioria dos viajantes angolanos

Os actuais utentes de visto “podem ter certeza de que os seus vistos permanecerão válidos para viagens aos EUA”. O Consulado de Angola em Luanda...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.