Portal de Angola
Informação ao minuto

Benguela: Município da Ganda assinala 45 anos de existência

Ganda- O município da Ganda, província de Benguela, assinala hoje, terça-feira, 45 anos de existência desde que a ex- vila Mariano Machado foi elevado a categoria de cidade a 24 de Junho de 1969.

Benguela: Cidade da Ganda (Foto: Agostinho Isabela)
Benguela: Cidade da Ganda (Foto: Agostinho Isabela)

Com uma população estimada em 302 mil e 913 habitantes, uma superfície de quatro mil e 817 quilómetros quadrados, a região é potencialmente rica na produção agro- industrial e  limita-se a norte com município do Balombo, oeste com Cubal, sudoeste com Caluquembe e Caconda (Huíla) e Tchinjenje (Huambo).

A divisão politica administrativa e territorial compreende, para além da sede do município, quatro comunas, nomeadamente  Ebanga, Babaera, Casseque e Chikuma,  com um total de 44 povoações e 533 aldeias, baseadas num clima temperado e próprio para pratica de agricultura, criação de animais.

Nos anos de 1975 foi considerado o segundo parque industrial, com realce para a antiga companhia de celulose e papel de Angola (ccpa), bebidas fermentadas da fazenda prazeres, áreas cafeícolas, plantações de milho, horto- frutícolas, criação de animais e18 perímetros florestais.

No repovoamento florestal, a região é conhecida em plantações de eucaliptos, derrubando o sisal em alguns espaços, dado ao inicio da instalação, em 1958, do ex-Complexo industrial da companhia de celulose ultramar português (actual ccpa).

A industrialização, através das antigas empresas de produção de papel, transformação de conservas de frutas e salchicharias da Talim, Buçaco, Bebidas fermentadas, descasque e torrefacção do café, conferia a Ganda, deram o estatuto de segundo parque industrial da província.

Existe uma vegetação com características de floresta densa, aberta e savana com arbustos, numa altitude que varia de 1. 500 a 1.810 metros e tem como ponto mais alto a região da Chikuma (Serra do Ngangawe), atravessada por vários recursos hídricos, ricas drenadas por rios de relativa importância, como Catumbela e seus afluentes do Cubal e Hanha.

Os primeiros portugueses instalaram-se entre os anos de 1906 e 1908, inicialmente na área da Chikuma e em 1913 a circunscrição civil da Catumbela passa a ter a sua sede na povoação da Ganda, na sequência da construção do Caminho-de-ferro de Benguela (CFB) e linha rodoviária (actual estrada nacional 260) que liga as cidades de Benguela/Huambo.

Actualmente a Ganda, a caminha para o progresso e desenvolvimento económico e social, com a reactivação de algumas fazendas agrícolas, estação Zootécnica, exploração de eucaliptos, afecto ao perímetros florestais da ex- companhia de celulose, requalificação urbana da cidade, novas centralidades, recuperação de antigos moveis e outros. (portalangop.co.ao)

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »