- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo África Ban Ki-moon critica decisões da justiça egípcia

Ban Ki-moon critica decisões da justiça egípcia

(euronews.com)
(euronews.com)

A justiça egípcia condenou segunda-feira três jornalistas da Al-Jazira, canal de televisão do Qatar, a sete e dez anos de prisão, acusados de apoiar o movimento Irmandade Muçulmana.

No sábado, foi confirmada a condenação à morte de 183 alegados apoiantes do presidente deposto Mohamed Morsi.

Responsáveis das Nações Unidas criticaram as decisões da justiça egípcia.

“O secretário-geral está profundamente preocupado pelas recentes decisões dos tribunais egípcios, particularmente pela confirmação da condenação à morte de 183 pessoas e pelos veredictos de longos períodos de prisão aplicados a jornalistas, incluindo da Al-Jazira. Parece ser claro que estes processos não respeitam os princípios básicos de um julgamento imparcial. Particularmente as penas de morte podem minar a perspetiva de uma estabilidade a longo prazo”, disse Stephane Dujarric, porta-voz de Ban Ki-moon.

O jornalista egípcio-canadiano Mohamed Fadel Fahmy, chefe da delegação da Al-Jazira, e o australiano Peter Greste foram condenados a sete anos de prisão, enquanto o egípcio Baher Mohamed foi condenado a duas penas de prisão: uma de sete e outra de três.

Os três profissionais estavam detidos há cerca de seis meses. (euronews.com)

- Publicidade -
- Publicidade -

País em fase de mudanças na Justiça – PGR

A Procuradora-Geral-Adjunta da República, Margarida Gonçalves, destacou, nesta segunda-feira, em Luanda, que o país está numa fase de grandes mudanças a nível da Justiça. A...
- Publicidade -

Bispo e pastores da IURD condenados com pena suspensa

O Tribunal Municipal do Talatona condenou, nesta segunda-feira, um bispo e dois pastores da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD), a 45 dias...

Activos recuperados são “tóxicos” para os cofres públicos

Parte significativa dos activos constituídos com fundos públicos que estão a ser recuperados pelo Executivo são considerados tóxicos, segundo especialistas ouvidos pelo Expansão, já...

Melania levará 50 milhões pelo divórcio

Com Donald Trump fora da Casa Branca, a mulher do Presidente está a contar os minutos para acabar com o casamento, que há muito...

Notícias relacionadas

País em fase de mudanças na Justiça – PGR

A Procuradora-Geral-Adjunta da República, Margarida Gonçalves, destacou, nesta segunda-feira, em Luanda, que o país está numa fase de grandes mudanças a nível da Justiça. A...

Bispo e pastores da IURD condenados com pena suspensa

O Tribunal Municipal do Talatona condenou, nesta segunda-feira, um bispo e dois pastores da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD), a 45 dias...

Activos recuperados são “tóxicos” para os cofres públicos

Parte significativa dos activos constituídos com fundos públicos que estão a ser recuperados pelo Executivo são considerados tóxicos, segundo especialistas ouvidos pelo Expansão, já...

Melania levará 50 milhões pelo divórcio

Com Donald Trump fora da Casa Branca, a mulher do Presidente está a contar os minutos para acabar com o casamento, que há muito...

Afreximbank em alta, depois da crise

Sob a liderança de Benedict Oramah, reeleito como seu presidente em Junho, o banco pan-africano conseguiu desenvolver novos instrumentos para se adaptar à nova...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.