- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Síria: Últimas armas químicas declaradas por Damasco saíram hoje do país

Síria: Últimas armas químicas declaradas por Damasco saíram hoje do país

Os produtos tóxicos que restam estão, segundo as autoridades sírias, reunidos num único local, seguro, e não puderam ser retirados ainda por razões de segurança

(Foto: Lusa)
(Foto: Lusa)

A Organização para a Proibição das Armas Químicas (OPAQ) anunciou hoje a saída da Síria das últimas armas químicas declaradas pelo regime à comunidade internacional, podendo iniciar-se o processo de destruição.

“No momento em que vos falo, o navio (que transporta as armas químicas) acabou de sair do porto de Latakia”, disse em conferência de imprensa o diretor executivo da OPAQ, Ahmet Uzumcu.

“A retirada das reservas de precursores e outros produtos químicos era uma condição fundamental do programa de eliminação das armas químicas sírias”, acrescentou.

Até hoje, a Síria tinha retirado cerca de 92% das 1.300 toneladas de armas químicas que declarou, no âmbito de um acordo entre a Rússia e os Estados Unidos.

Os 8% que faltavam foram retirados hoje através do porto de Latakia num navio dinamarquês que vai transferir as mais perigosas para um navio norte-americano especialmente equipado para as destruir por hidrólise. As outras serão destruídas na Finlândia, nos Estados Unidos e no Reino Unido.

Os produtos tóxicos que restam estão, segundo as autoridades sírias, reunidos num único local, seguro, e não puderam ser retirados ainda por razões de segurança.

“Esperamos terminar em breve a clarificação de certos aspetos da declaração síria e começar a destruição de algumas estruturas utilizadas para produzir armas químicas”, disse o diretor executivo da OPAQ.

A Síria adotou a convenção sobre a proibição de armas químicas em outubro de 2013, no âmbito de um acordo entre os Estados Unidos e a Rússia para evitar uma intervenção militar norte-americana de resposta à utilização por Damasco de gás sarin num ataque que fez 1.400 mortos.

A retirada das armas foi concluída com vários meses de atraso em relação ao calendário previsto, o que impossibilita o cumprimento do prazo de 30 de junho para a destruição de todas as armas químicas sírias. (ionline.pt)

- Publicidade -
- Publicidade -

Covid-19. Cuba anuncia duas vacinas e já conta com quatro possíveis fármacos

Cuba anunciou quinta-feira que vai começar os ensaios clínicos de dois projectos de vacinas contra a Covid-19, que aumentam para quatro o número de...
- Publicidade -

Amor em tempos de cólera

Inspirados pela magia literária de Gabriel Garcia Marquez, acreditamos na nova aurora de liberdade proclamada em 2017 pelo Presidente João Lourenço, mas, três anos...

Exportações dão 11,14 mil milhões de dólares

As exportações somaram, nos sete primeiros meses deste ano, 11,14 mil milhões de dólares contra 20,68 mil milhões no mesmo período do ano anterior...

Inocêncio de Matos vai a enterrar sábado

O funeral de Inocêncio de Matos, o jovem manifestante morto no dia 11 de Novembro, em Luanda, vai ser finalmente realizado sábado, num dos...

Notícias relacionadas

Covid-19. Cuba anuncia duas vacinas e já conta com quatro possíveis fármacos

Cuba anunciou quinta-feira que vai começar os ensaios clínicos de dois projectos de vacinas contra a Covid-19, que aumentam para quatro o número de...

Amor em tempos de cólera

Inspirados pela magia literária de Gabriel Garcia Marquez, acreditamos na nova aurora de liberdade proclamada em 2017 pelo Presidente João Lourenço, mas, três anos...

Exportações dão 11,14 mil milhões de dólares

As exportações somaram, nos sete primeiros meses deste ano, 11,14 mil milhões de dólares contra 20,68 mil milhões no mesmo período do ano anterior...

Inocêncio de Matos vai a enterrar sábado

O funeral de Inocêncio de Matos, o jovem manifestante morto no dia 11 de Novembro, em Luanda, vai ser finalmente realizado sábado, num dos...

“Beleza”, o angolano que mostra a arte da capoeira na África do Sul

Mário Lopes pratica a sua arte mesmo tempo de pandemia Na cidade sul-africana de Cape Town, Márcio Lopes, mais conhecido por Beleza, é um angolano...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.