- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Desporto Jesus adivinhou goleada e recusa ser seleccionador nos próximos anos

Jesus adivinhou goleada e recusa ser seleccionador nos próximos anos

Jorge Jesus, treinador do Sport Lisboa e Benfica. (Foto: D.R.)
Jorge Jesus, treinador do Sport Lisboa e Benfica.
(Foto: D.R.)

O treinador do Benfica, Jorge Jesus, descartou nesta quinta-feira, em Luanda, qualquer ambição para ser seleccionador de futebol de Portugal nos próximos anos por preferir estar no “campo todos os dias” e não apenas “seleccionar” jogadores.

“Não é a minha paixão, actualmente. Um treinador de selecção, para mim, não é um treinador, é um seleccionador. Durante o ano não treina, selecciona”, disse Jorge Jesus, durante uma conferência em Luanda promovida pelo semanário Sol.

Questionado sobre uma eventual ambição na selecção nacional de futebol, o actual treinador do Benfica foi categórico: “Sem estar no campo todos os dias tenho alguma dificuldade. Agora, daqui a dez anos já sou capaz de pensar nisso. Actualmente não”.

Para justificar a posição, afirma que, por falta de tempo nas selecções, quem acaba por preparar os jogadores “são os treinadores das outras equipas”.

Sobre o desaire de domingo da selecção nacional no Mundial2014, Jesus considerou “normal” a derrota face à qualidade da Alemanha, mas “anormal” pela diferença no marcador (4-0), criticando os erros defensivos cometidos.

“Após a expulsão do Pepe [defesa central português] disse que ‘era bom que isto acabasse já, vamos levar três ou quatro’. Não me enganei”, recordou. Ainda assim, assumiu acreditar na qualificação da selecção nacional para a próxima fase.

No plano nacional, Jorge Jesus reconheceu que teve convites para sair na nova época para equipas de países como Itália, Inglaterra, Turquia, Qatar e Arábia Saudita.

“Só num ano pagavam-me cinco ou seis vezes aquilo que recebo em Portugal. Em Portugal desconto 55% do que ganho. Ou seja, mais de metade do que ganho não sei para onde vai. Mas, no país onde estou, sou um privilegiado. Ganho bem”, disse Jorge Jesus, questionado nesta conferência pelo director do Sol, José António Saraiva, sobre o que faz ao dinheiro que ganha no Benfica, por ser dos treinadores mais bem pagos do mundo.

Sem querer perspectivar alterações na equipa campeã nacional para a próxima época, o treinador assumiu apenas que “está focado” no Benfica e que não saiu porque “não era o momento certo”.

Ainda assim, dificilmente se vê a ter uma carreira, como foi comparado, às mais de duas décadas de Alex Ferguson no Manchester United, na Inglaterra.

“Estou há cinco anos e o quinto já estava a ser muito confuso para muita gente”, apontou.

Nesta viagem a Angola, além de convidado especial desta conferência do semanário Sol, Jorge Jesus contactou com a realidade das equipas locais e confessou-se “impressionado” com a “paixão” pelo futebol dos angolanos e as condições que começam a existir. (publico.pt)

 

 

- Publicidade -
- Publicidade -

Reações.Violência policial na França: a imprensa estrangeira em choque

Deriva autoritária? Caso George Floyd ao estilo francês? Após a divulgação de imagens da agressão a um produtor negro pela polícia e enquanto uma...
- Publicidade -

Falta de comida leva ursos a atacar túmulos na Rússia

Animais procuraram forma de sobreviver à fome O comportamento incomum dos animais foi observado em mais do que uma cidade, mas foi o município russo...

LIMA tem nova líder no Bengo

A nova presidente provincial do Bengo da Liga da Mulher Angolana (LIMA), Ana Paula Afonso, foi investida, ontem, em Caxito, substituindo Ana José Chumbo. A...

Inocêncio de Matos, morto na manifestação do dia 11 de Novembro, vai hoje a enterrar

Passados 18 dias após a morte de Inocêncio Matos, finalmente será realizado o enterro. A família diz estar ultrapassado o diferendo que os opunha...

Notícias relacionadas

Reações.Violência policial na França: a imprensa estrangeira em choque

Deriva autoritária? Caso George Floyd ao estilo francês? Após a divulgação de imagens da agressão a um produtor negro pela polícia e enquanto uma...

Falta de comida leva ursos a atacar túmulos na Rússia

Animais procuraram forma de sobreviver à fome O comportamento incomum dos animais foi observado em mais do que uma cidade, mas foi o município russo...

LIMA tem nova líder no Bengo

A nova presidente provincial do Bengo da Liga da Mulher Angolana (LIMA), Ana Paula Afonso, foi investida, ontem, em Caxito, substituindo Ana José Chumbo. A...

Inocêncio de Matos, morto na manifestação do dia 11 de Novembro, vai hoje a enterrar

Passados 18 dias após a morte de Inocêncio Matos, finalmente será realizado o enterro. A família diz estar ultrapassado o diferendo que os opunha...

Rafael Marques defende informação transparente sobre capitais recuperados

O jornalista Rafael Marques, que durante os últimos anos denunciou actos de corrupção e desvios de fundos públicos, defendeu, ontem, na cidade do Lubango,...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.