- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Falta de emprego dificulta integração dos refugiados, diz representante do ACNUR

Falta de emprego dificulta integração dos refugiados, diz representante do ACNUR

Logotipo do Alto Comissariado da ONU para os Refugiados (ACNUR) (Foto: divulgação)
Logotipo do Alto Comissariado da ONU para os Refugiados (ACNUR) (Foto: divulgação)

A falta de emprego nas zonas urbanas dificulta a integração dos refugiados no país, afirmou hoje, nesta cidade, o representante do Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados ( ACNUR) em Angola, Hans Lunshop.

Falando a Angop, a propósito do Dia Mundial dos Refugiados, assinalado no passado dia 20, Hans lunshop disse que o ACUNR está a apoiar o Ministério da Assistência e Reinserção Social (MINARS) com um programa de assistência para refugiados urbanos vulneráveis, garantindo o seu acesso à saúde pública, actividades de assistência jurídica e prestação de informação.

Com efeito, o representante do ACNUR em Angola disse que esta organização contratou um novo parceiro, em 2012, a ONG VIS Salesianos, especializada na área de capacitação profissional, e que o centro de Viana da comunidade de refugiados foi reabilitado e equipado para ser usado como local de treinamento.

No decorrer da entrevista a Angop, Hans Lunshop sublinhou que o ACNUR tem programas de fortalecimento da lei e da política de protecção e soluções duradouras para refugiados requerentes de asilo, para facilitar o repatriamento voluntário dos refugiados provenientes dos países vizinhos e contribuir para o desenvolvimento de boas práticas e politicas do Governo para a protecção dos mesmos num contexto de migração mista.

O ACNUR, acrescentou, tem igualmente programas de assistência jurídica gratuíta para os refugiados vulneráveis, formação de agentes da lei em direito para os refugiados, prevenção e resposta sobre violência do género, conscientização entre pessoas do grupo alvo, através de campanhas de sensibilização e expansão da formação profissional para refugiados urbanos. (portalangop.co.ao)

- Publicidade -
- Publicidade -

Costa do Marfim: Laurent Gbagbo recupera seus passaportes marfinenses

Em breve, o ex-chefe de Estado da Costa do Marfim poderá retornar a Abidjan. Após vários meses de espera, Laurent Gbagbo recuperou, nesta sexta-feira, 4...
- Publicidade -

Novos contos do continente africano

Por ocasião da Feira do Livro e Imprensa Infantil de Montreuil, e da temporada África 2020, close-up de uma coleção de contos intitulada "Babel...

África discute implementação da Zona de Comércio Livre

Os Chefes de Estado ou de Governos africanos reúnem, amanhã, na 13ª sessão extraordinária, dedicada à implementação da Zona de Comércio Livre Continental Africana...

Combustíveis: Angola subvenciona consumo de vizinhos

Os contribuintes angolanos subvencionam o consumo de combustíveis em países vizinhos, segundo afirmou a ministra das Finanças, Vera Daves de Sousa, na quinta-feira à...

Notícias relacionadas

Costa do Marfim: Laurent Gbagbo recupera seus passaportes marfinenses

Em breve, o ex-chefe de Estado da Costa do Marfim poderá retornar a Abidjan. Após vários meses de espera, Laurent Gbagbo recuperou, nesta sexta-feira, 4...

Novos contos do continente africano

Por ocasião da Feira do Livro e Imprensa Infantil de Montreuil, e da temporada África 2020, close-up de uma coleção de contos intitulada "Babel...

África discute implementação da Zona de Comércio Livre

Os Chefes de Estado ou de Governos africanos reúnem, amanhã, na 13ª sessão extraordinária, dedicada à implementação da Zona de Comércio Livre Continental Africana...

Combustíveis: Angola subvenciona consumo de vizinhos

Os contribuintes angolanos subvencionam o consumo de combustíveis em países vizinhos, segundo afirmou a ministra das Finanças, Vera Daves de Sousa, na quinta-feira à...

Pentágono decide retirar tropas americanas da Somália

O Presidente Donald Trump ordenou ao Pentágono a retirada de quase todas as tropas americanas da Somália, onde há 13 anos lutam contra a...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.