InicioMundoÁfricaEgito: jornalista da Al-Jazeera condenados a 7 anos de prisão

Egito: jornalista da Al-Jazeera condenados a 7 anos de prisão

(D.R)
(D.R)

Foram condenados a 7 anos de prisão, os três jornalistas da televisão Al-Jazeera, julgados no Egito por alegado apoio à Irmandade Muçulmana – do destituído presidente Mohamed Morsi, e alvo de uma verdadeira caça às bruxas.

Os três jornalistas – um egipcio-canadiano, um australiano e um egípcio – estavam detidos há mais de 160 dias, acusados de “atentar contra a imagem do Egito” e de difundir “falsas notícias”.

Onze outros jornalistas, incluindo três estrangeiros, todos julgados à revelia, foram condenados a 10 anos de prisão num caso que tem provocado polémica a nível internacional. (euronews.com)

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.