- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Ucrânia: Plano de paz de Poroshenko impõe cessar-fogo no Leste

Ucrânia: Plano de paz de Poroshenko impõe cessar-fogo no Leste

(REUTERS)
(REUTERS)

EUA acusam Rússia de colocar mais tropas na fronteira, encerrada ontem pelas forças ucranianas sob implementação de trégua unilateral

Petro Poroshenko falou com Vladimir Putin na noite de quinta–feira e acordou ontem com um plano de paz para a Ucrânia. Depois da segunda conversa telefónica esta semana entre o novo presidente ucraniano e o homólogo russo, Poroshenko apresentou durante a manhã um plano de 14 metas para estabilizar a situação no país e que inclui a implementação imediata de um cessar-fogo na fronteira entre os dois países.

O programa de acção do líder ucraniano propõe o desarmamento dos rebeldes no Leste em troca da descentralização do poder na Ucrânia através de uma reforma constitucional. Desde Abril que esta região atravessa um conflito civil, perante contínuos confrontos entre as forças de segurança de Kiev e militantes pró-Rússia que exigem maior autonomia em relação ao poder central desde a deposição de Viktor Yanukovitch, antecessor de Poroshenko.

O porta-voz do parlamento ucraniano, Oleksandr Turchinov, que esteve na liderança interina do país desde a saída de Yanukovitch até às eleições que, há um mês, deram a vitória a Poroshenko, declarou ao final da manhã de ontem que as forças de segurança ucranianas já tinham retomado totalmente o controlo da fronteira com a Rússia, após ter sido posto em marcha o encerramento total desta zona para implementar o cessar-fogo declarado pelo presidente em Kiev. Vladimir Chepovoy, porta-voz do Conselho de Segurança Nacional da Ucrânia, disse contudo que “tal coisa ainda não foi alcançada”.

À mesma hora, eram registadas mais baixas entre os dois lados do conflito em Luhansk e na autoproclamada república de Donetsk. Aí, o exército lançou, ao longo do dia, ataques aéreos e de artilharia no terreno para destronar os insurrectos pró-Moscovo, disse Vladislav Seleznyov, porta-voz do Ministério da Defesa ucraniano.

Em paralelo, e perante denúncias da NATO de que a Rússia enviou soldados para a fronteira apesar da promessa de Putin de retirar as tropas, os Estados Unidos ameaçaram com mais sanções se o cenário não se alterar. David S. Cohen, subsecretário de Estado do Tesouro norte–americano, disse que o país vai “continuar a tomar medidas para responsabilizar as pessoas envolvidas nos esforços para destabilizar o Leste da Ucrânia e a Crimeia”, região que, após a fuga de Yanukovitch em Fevereiro, votou em referendo pela secessão com Kiev e a reintegração na Federação Russa, oficializada por Putin a 18 de Março.

“Esses indivíduos”, acrescentou Cohen, “têm contribuído para tentativas de minar ilegalmente o governo legítimo em Kiev, nomeadamente ao proclamarem falsas posições de liderança e fomentar a violência.”

Antes da ameaça, Moscovo defendeu o seu direito a ter tropas na fronteira para “garantir a segurança” da região. Pouco depois, respondia à ameaça dos Estados Unidos com outra ameaça: a de contestar todas as sanções financeiras até agora impostas a membros e afiliados do governo de Putin na Organização Mundial do Comércio. (ionline.pt)

por Joana Azevedo Viana

- Publicidade -
- Publicidade -

A vaidade e a falta de humildade de quem diz que o País não tem recursos – Ramiro Aleixo

Uma governação que herda um passivo de crise tão elevado, que obriga os seus cidadãos ao pagamento tão doloroso de uma divida que não...
- Publicidade -

Morreu empresário Segunda Amões

O empresário angolano Segunda Amões faleceu na madrugada desta sexta-feira, em Johanesburgo (na África do Sul) vítima de doença. Fonte familiar disse à ANGOP que,...

Angola estreia hoje diante do e-Swatini

A Selecção Nacional Sub-20 de futebol joga, hoje, às 15h30, diante da similar de e-Swatini no Estádio Gelvandale, arredores da Baía de Nelson Mandela,...

Andebol: Competições começam em Abril

Os campeonatos nacionais em sénior feminino e masculino têm previsão de arrancar em Abril, do próximo ano. A garantia é do presidente da Federação...

Notícias relacionadas

A vaidade e a falta de humildade de quem diz que o País não tem recursos – Ramiro Aleixo

Uma governação que herda um passivo de crise tão elevado, que obriga os seus cidadãos ao pagamento tão doloroso de uma divida que não...

Morreu empresário Segunda Amões

O empresário angolano Segunda Amões faleceu na madrugada desta sexta-feira, em Johanesburgo (na África do Sul) vítima de doença. Fonte familiar disse à ANGOP que,...

Angola estreia hoje diante do e-Swatini

A Selecção Nacional Sub-20 de futebol joga, hoje, às 15h30, diante da similar de e-Swatini no Estádio Gelvandale, arredores da Baía de Nelson Mandela,...

Andebol: Competições começam em Abril

Os campeonatos nacionais em sénior feminino e masculino têm previsão de arrancar em Abril, do próximo ano. A garantia é do presidente da Federação...

Presidente eleito dos EUA quer que os norte-americanos usem máscara durante 100 dias

Joe Biden também referiu que convidou o imunologista Anthony Fauci para integrar a equipa que porá em prática os planos anti-Covid da nova Presidência. Joe...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.