- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Erdogan diz que Turquia não pode “esperar para sempre” pela UE

Erdogan diz que Turquia não pode “esperar para sempre” pela UE

(EURONEWS)
(EURONEWS)

No segundo dia de visita a França, Recep Tayyip Erdogan defendeu a aproximação entre a Turquia e a União Europeia e sublinhou que Ancara não pode “esperar para sempre”.

O primeiro-ministro turco esteve este sábado na cidade de Lyon, um dia depois de ter sido recebido pelo presidente francês, François Hollande, em Paris.

Num comício organizado pela União dos Democratas Turcos Europeus, Erdogan sublinhou que “a economia forte da União Europeia precisa da Turquia. Precisa dela porque a Turquia conta com uma população jovem e dinâmica. Mas a Turquia não é um país que pode esperar para sempre”.

O primeiro-ministro turco efetua uma digressão europeia a poucas semanas de presidencias nas quais se espera que se apresente como candidato.

O correspondente da euronews Devrim Hacisalihoglu diz que Erdogan se dirigiu a “milhares de turcos em Lyon e disse que vai anunciar o candidato presidencial do partido no poder no final do mês. E pediu também aos turcos que vivem em França para votarem nas próximas eleições”.

A visita de Erdogan ficou também marcada por um protesto no centro de Lyon, organizado por representantes de várias minorias turcas.

O presidente do Centro Cultural dos Alauitas na cidade francesa disse estar “contra a imposição de ‘aulas de religião’ nas escolas turcas”, acrescentando que quer “uma república laica”.

Uma estudante francesa de origem turca afirmou querer “uma Turquia livre, onde existe democracia, socialismo e onde toda a população da Anatólia possa viver lado a lado”. (euronews.com)

- Publicidade -
- Publicidade -

PM guineense quer manter ministro da Economia no Governo e recusa sua demissão

Victor Mandinga pediu demissão depois da nomeação de vice-primeiro-ministro O primeiro-ministro da Guiné-Bissau, Nuno Gomes Nabiam, disse nesta terça-feira, 24, não ter aceite o pedido...
- Publicidade -

Ministro moçambicano da Defesa celebra conquistas em Cabo Delgado, mas analistas sugerem cautela

"Não é por se ter recuperado a vila de Muidumbe, que tinha sido ocupada pelos insurgentes, que se vai celebrar a vitória", diz analista...

Tshisekedi ausculta a influência de Sassou para afastar o antigo aliado Kabila

Na luta contra o predecessor Joseph Kabila, o presidente Félix Tshisekedi pediu ajuda ao vizinho chefe de estado, Denis Sassou Nguesso, no sentido da...

ONGs moçambicanas exigem anulação do concurso para a composição da Comissão de Eleições

A dois dias do prazo de candidaturas da sociedade civil para a Comissão Nacional de Eleições (CNE), um grupo de 10 organizações exige que...

Notícias relacionadas

PM guineense quer manter ministro da Economia no Governo e recusa sua demissão

Victor Mandinga pediu demissão depois da nomeação de vice-primeiro-ministro O primeiro-ministro da Guiné-Bissau, Nuno Gomes Nabiam, disse nesta terça-feira, 24, não ter aceite o pedido...

Ministro moçambicano da Defesa celebra conquistas em Cabo Delgado, mas analistas sugerem cautela

"Não é por se ter recuperado a vila de Muidumbe, que tinha sido ocupada pelos insurgentes, que se vai celebrar a vitória", diz analista...

Tshisekedi ausculta a influência de Sassou para afastar o antigo aliado Kabila

Na luta contra o predecessor Joseph Kabila, o presidente Félix Tshisekedi pediu ajuda ao vizinho chefe de estado, Denis Sassou Nguesso, no sentido da...

ONGs moçambicanas exigem anulação do concurso para a composição da Comissão de Eleições

A dois dias do prazo de candidaturas da sociedade civil para a Comissão Nacional de Eleições (CNE), um grupo de 10 organizações exige que...

Orçamento para a investigação preocupa docentes

Alguns segmentos da comunidade académica da província da Huíla, mostram-se preocupados com as verbas que estão destinadas à rubrica de investigação científica em educação...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.