- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Dupla visita do PR marca semana política

Dupla visita do PR marca semana política

A dupla visita do Presidente da República, José Eduardo do Santos, ao Brasil e a Cuba, marcou o noticiário político da Angop, nos últimos sete dias.

 Presidente da República, José Eduardo dos Santos (Foto: Pedro Parente)
Presidente da República, José Eduardo dos Santos
(Foto: Pedro Parente)

O estadista, que iniciou a jornada no país sede do Mundial 2014 (Brasil), deslocou-se àqueles Estados com o fito de incrementar as relações bilaterais.

Em território brasileiro, José Eduardo dos Santos manteve um encontro de trabalho com a homóloga brasileira, Dilma Rousseff, no qual reafirmaram o interesse em consolidar o acordo de parceria estratégica entre os estados, em vigor desde 2010.

No final, os governos de Angola e Brasil rubricaram um protocolo sobre facilitação de vistos de entrada para empresários dos dois países, com múltiplas entradas, por dois anos.

Ainda no Brasil, o Presidente angolano reuniu-se com embaixadores africanos e apelou à unidade dos países do continente na luta pela liberdade económica e na criação de “boas alianças”.

Já em Cuba, José Eduardo dos Santos visitou a Zona Económica de Mariel, onde se inteirou do projecto das diversas infra-estruturas a serem erguidas no local.

De igual modo, procedeu à deposição de uma coroa de flores no monumento do herói nacional “José Marti” e manteve um encontro com o Presidente da República de Cuba, Raul Castro.

Ainda na senda presidencial, o secretário de Estado das Relações Exteriores, Manuel Augusto, representou o Presidente angolano, José Eduardo dos Santos, na Cimeira extraordinária dos chefes de Estado e de Governo do Grupo dos 77 e a China.

Convocada pela Bolívia para assinalar o 50º aniversário do Grupo, a Cimeira abordou temas de interesse multilateral e reflectiu sobre os resultados alcançados em cinco décadas de esforços conjuntos, com vista a um mundo com maior complementaridade, inclusão social, distribuição de riquezas e de respeito à soberania dos Estados membros.

Nesta cimeira comemorativa dos 50 anos de existência do G77, que decorreu sob o lema “Por uma nova ordem mundial para se viver bem”, os 133 países em desenvolvimento, membros do grupo, reafirmaram e fortaleceram o seu compromisso de trabalho pela unidade, solidariedade, complementaridade, consenso e cooperação, princípios que estiveram na origem do estabelecimento do grupo, há meio século.

Na mesma senda, o ministro do Planeamento, Job Graça, representou o Chefe de Estado na Cimeira sobre Financiamento de Programas de Desenvolvimento de Infra-estruturas em África (PIDA), em Dakar, Senegal.

O encontro de Cúpula foi organizado pela NEPAD, em colaboração com a União Africana (UA), Nações Unidas, os bancos Mundial, de Desenvolvimento Africano e de Desenvolvimento da África do Sul, entre outras organizações internacionais.

A cerimónia da abertura do encontro foi presidida pelo Chefe de Estado senegalês, Mack Sall.

Durante os último sete dias, fez também destaque no noticiário político da Angop a reunião da Comissão para Política Social do Conselho de Ministros, que apreciou, na sua IV sessão ordinária, orientada pelo Vice-presidente da República, Manuel Domingos Vicente, o relatório de balanço provisório da época chuvosa 2013/2014.

Além de apreciar este documento, que avalia os efeitos causados pelas chuvas durante o período em referência, a Comissão inteirou-se dos esforços desenvolvidos pelo Serviço Nacional de Protecção Civil e Bombeiros para acudir as populações sinistradas durante as enxurradas.

No domínio parlamentar, fez destaque o encontro entre o Presidente da Assembleia Nacional, Fernando da Piedade Dias dos Santos, e a delegação do Conselho dos Direitos Humanos, que se manifestou preocupada com a criminalidade na capital do país.

No final da audiência, o vice-presidente do conselho, Laureano Paulo, disse à imprensa que a instituição está preocupada com os crimes que ocorrem em Luanda, praticados por meliantes, na maioria jovens.

Frisou que o encontro serviu para apelar às instituições de direito, com vista ao reforço da ordem e tranquilidade.

Também esta semana, o Parlamento esclareceu a sociedade que a diversificação de fontes de receita destinadas a suportar as suas despesas, incluindo as resultantes do arrendamento do património imobiliário, está acautelada do ponto de vista técnico-jurídico.

Numa nota endereçada à Angop, a instituição disse ter constado, com preocupação, questões suscitadas publicamente por alguns órgãos de comunicação social, a respeito desta rentabilização, um direito que afirmou não poder ser posto em causa.

Esclareceu que o Parlamento, enquanto órgão de soberania, nos termos do nº 1 do artigo 105º da Constituição da República de Angola, é dotado de Autonomia Administrativa, Financeira e Patrimonial, como dispõe o artigo 2º da Lei nº 4/10, de 31 de Março (Lei Orgânica da Assembleia Nacional – LOAN).

Esta autonomia, vincou, “confere aos órgãos da Assembleia Nacional o direito de praticar actos administrativos definitivos e executórios, desde que obedeçam a todos os requisitos exigidos por Lei”.

Outro de assunto de destaque foi a assinatura do Memorando de Entendimento em Segurança Interna e Protecção Civil, pelos ministros do Interior de Angola, Ângelo da Veiga Tavares, e da Administração Interna de Portugal, Miguel Macedo.

No mesmo acto, as inspectoras-gerais do Ministério angolano do Interior, Margarida Barros Jordão, e da Administração Interna de Portugal, Margarida Blanco, rubricaram um plano de execução das acções de cooperação entre as duas instituições.

Durante a semana que hoje finda, constituiu ainda destaque o anúncio do subsecretário mexicano das Relações Exteriores, Carlos de Icaza, sobre a intenção do seu país reabrir, em breve, a embaixada em Angola, encerrada em 2009.

Carlos de Icaza, que falava durante a reunião de cônsules honorários, assegurou que o México está a ampliar a sua presença em África, que se demonstra com a abertura de embaixadas em Angola e Ghana e pelo acordo que o seu país chegou com a Espanha, para que as representações diplomáticas  de expressão espanhola em África tenham espaço para diplomatas mexicanos. (portalangop.co.ao)
- Publicidade -
- Publicidade -

Activista Mensageiro Andrade denuncia desumanas condições das celas prisionais na Huíla

Autoridades admitem precariedade das condições das celas policiais mas as atribuem à conjuntura do país O activista cívico angolano Manuel Andrade, recentemente condenado a três...
- Publicidade -

Filha de Samora Machel entre as 100 mulheres mais influentes do mundo

Josina Machel, a filha de Graça e Samora Machel, é uma das 100 mulheres mais influentes do mundo, na lista da BBC. Ativista, criou...

César Freitas: “Saúde infantil em Angola é um desafio”, desde o acesso a cuidados às doenças infecciosas

Esta semana, o convidado da Angola Saúde em Foco é o dr. César Freitas, médico pediatra no Hospital David Bernardino em Luanda e secretário...

Programa psicoterapêutico desenvolvido na UC reduz o sofrimento de mulheres com cancro da mama

Um programa de intervenção psicológica para contexto oncológico, desenvolvido na Universidade de Coimbra (UC), mostrou ser eficaz na diminuição do sofrimento de mulheres com...

Notícias relacionadas

Activista Mensageiro Andrade denuncia desumanas condições das celas prisionais na Huíla

Autoridades admitem precariedade das condições das celas policiais mas as atribuem à conjuntura do país O activista cívico angolano Manuel Andrade, recentemente condenado a três...

Filha de Samora Machel entre as 100 mulheres mais influentes do mundo

Josina Machel, a filha de Graça e Samora Machel, é uma das 100 mulheres mais influentes do mundo, na lista da BBC. Ativista, criou...

César Freitas: “Saúde infantil em Angola é um desafio”, desde o acesso a cuidados às doenças infecciosas

Esta semana, o convidado da Angola Saúde em Foco é o dr. César Freitas, médico pediatra no Hospital David Bernardino em Luanda e secretário...

Programa psicoterapêutico desenvolvido na UC reduz o sofrimento de mulheres com cancro da mama

Um programa de intervenção psicológica para contexto oncológico, desenvolvido na Universidade de Coimbra (UC), mostrou ser eficaz na diminuição do sofrimento de mulheres com...

Programa americano Visa Bond não terá impacto na maioria dos viajantes angolanos

Os actuais utentes de visto “podem ter certeza de que os seus vistos permanecerão válidos para viagens aos EUA”. O Consulado de Angola em Luanda...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.