InicioAngolaMenongue é base da zona Leste

Menongue é base da zona Leste

O ministro da Geologia e Minas, Francisco Queiroz, procedeu ontem, em Menongue, ao lançamento do segundo voo do estudo aéreo-geofísico. Antes de embarcar para a capital do Cuando Cubango, esclareceu, em declarações à Angop, que a cidade de Menongue é o ponto de base do Plano Nacional de Geologia (PLANAGEO) na zona leste.

(Foto: Mota Ambrósio)
(Foto: Mota Ambrósio)

O país foi subdividido em três partes, para se poder fazer um melhor levantamento da área geográfica, com a pesquisa nesta zona do território a cargo da empresa brasileira Costa Negócios. “Os aviões vão começar a voar e a produzir informação, enquanto os geólogos vão descer à terra, dentro de poucos dias, para recolher amostras e fazer  análises geoquímicas”, disse, acrescentando que estão criadas as bases de dados para armazenamento de toda a informação geológica.

Francisco Queiroz esclareceu que nestas estruturas não vão ser apenas armazenados os dados doPLANAGEO, mas também toda a informação geocientífica sobre o potencial mineiro, recursos naturais e outros que existam na zona leste do país.

Depois de ser recolhida toda a informação, são feitos mapas geológicos do país, para serem divulgados os dados e atrair investidores nesta área. Tal como empresas e pessoas individuais, países como a Bélgica, África do Sul, Portugal, Rússia e França dispõem de informações geológicas sobre Angola, adiantou o ministro.

O PLANAGEO vai conduzir ao conhecimento geocientífico do país, com destaque para os recursos naturais e minerais existentes, o potencial aquífero, sobretudo nas zonas desérticas, ao mesmo tempo que vai ser possível programar-se o crescimento urbano nacional.

Com este conhecimento, pode fazer-se, durante as próximas décadas, a planificação da exploração dos recursos, informação a ser utilizada para captar investimentos, fazer a exploração racional e sustentável dos minerais e contribuir para o desenvolvimento sustentável do país.

O PLANAGEO é uma iniciativa do Presidente José  Eduardo dos Santos, que está a permitir a produção do trabalho para a criação do Código Mineiro, uma vez que não basta existir um quadro regulador da actividade mineira. \”É necessário que haja o conhecimento da realidade geológica mineira de Angola\”, sublinhou Francisco Queiroz, acrescentando que, para tal, é indispensável fazer um investimento num Plano Nacional de Geologia.

Voo inaugural no Namibe

O voo inaugural das pesquisas para a zona sul, a cargo do consórcio formado pelo Instituto Geológico e Mineiro de Espanha, o Laboratório Nacional de Energia e Geologia de Portugal e a empresa de assistência técnica integral Impulso Industrial Alternativo, realiza-se hoje na cidade do Namibe.

O acto conta com a presença dos responsáveis das empresas envolvidas, do ministro da Geologia e Minas, do director do Instituto Geológico de Angola e da embaixadora de Espanha em Angola. A zona sul representa cerca de 37,5 por cento do total do território de Angola.

O gerente do consórcio, Paco Cuervo, assinala que o projecto é fundamental para o desenvolvimento sustentado do país a longo prazo, na medida em que permite planificar a exploração mineira e prevenir danos ambientais.

O Instituto Geológico e Mineiro de Espanha é a segunda instituição de geologia mais antiga do mundo, fundado em 1849 e tem como missão principal proporcionar o conhecimento e a informação precisa em relação às Ciências e Tecnologias da Terra para qualquer intervenção sobre o território.

O Laboratório Nacional de Energia e Geologia de Portugal tem como missão a promoção e a inovação no âmbito da Energia e da Geologia para proporcionar ao país o conhecimento e a informação sobre o território nacional e os seus recursos.

A IMPULSO é uma empresa de serviços integrais de Engenharia, Arquitectura e Consultoria, com mais de 30 anos de actividade, tendo realizado numerosos estudos no âmbito da geologia e da mineração. Executa trabalhos em Angola há seis anos e actualmente está a elaborar, entre outros trabalhos próprios da sua actividade, o Plano de Industrialização do país. (jornaldeangola.co)

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.