- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Estado da fauna e da flora é considerado crítico

Estado da fauna e da flora é considerado crítico

O chefe de departamento provincial do Cuanza Norte do Instituto de Desenvolvimento Florestal (IDF), Guilherme da Costa, considerou crítico o estado da fauna e da flora na província, a julgar pelo aumento da caça furtiva e abate ilegal de árvores.

(Foto: Arquivo JA)
(Foto: Arquivo JA)

Guilherme da Costa explicou que a situação ambiental da província do Cuanza Norte vai piorando pelo facto de, todos os dias, haver queimadas para possibilitar a agricultura itinerante, feitura ilegal de carvão, corte de árvores para produção de madeira, bem como a matança de animais de várias espécies, comercializadas ao longo das vias Golungo Alto-Zenza e Ndalatando-Dondo.

O chefe de departamento do IDF disse que situação é incontrolável até que o sector consiga desenvolver o plano de povoamento e repovoamento florestal e animal, já aprovado pelo Governo.

“Enquanto não houver instrumentos legais práticos para se inibir a caça furtiva e a desmatação florestal a prática vai prevalecer”, disse o responsável, acrescentando que o IDF, Polícia Nacional, Forças Armadas e demais pessoas de vários estratos sociais estão empenhados no combate à desertificação, caça e outros males que prejudicam o ambiente florestal, para que, de forma coesa e abrangente, tais práticas diminuam, particularmente no corredor do rio Lucala II até à capital do município de Cambambe.

Guilherme da Costa disse ser urgente baixar os níveis de caça em torno da via Trombeta-Zenza-Luanda, bem como a feitura de carvão de forma desordenada.

Garantiu que os vendedores não vão ser retirados de forma repressiva, mas sim sensibilizados, com o apoio das administração e sobas, sobre as formas de utilização da natureza de forma racional.

O técnico informou que os veados, seixas e macacos são os animais que se encontram expostos e à venda em número elevado, a­meaçando a extinção das referidas espécies. Revelou que dentro do quadro consuetudinário, o cidadão deve ir buscar ou produzir aquilo que precisa para a sua sobrevivência e não para fins comerciais. O responsável disse que foi construída uma escola florestal na província, instalada no município de Lucala, que tem a capacidade de reproduzir mais de mil plantas por ano.

Venda de plantas

Apontou que, no mês de Março do ano em curso, foram vendidos a várias concessionárias cerca de mil plantas diversas e outras 327 distribuídas à Escola Superior Pedagógica e à Escola do Professor do Futuro da ONG Ajuda de Desenvolvimento de Povo para Povo (ADPP).  Desde Janeiro, disse, o IDF, Polícia Nacional e FAA, apreenderam, nos municípios de Golungo Alto e Cambambe, 86 animais de diversas espécies, entre macacos, seixas, galinholas, veados, porcos-espinhos e javalis. Dentre as dificuldades do sector, Guilherme da Costa destaca o número reduzido fiscais. (jornaldeangola.co)

- Publicidade -
- Publicidade -

Angola perde diante do e-Swatini por 0-1

A Selecção Nacional Sub-20 comprometeu, ontem, a pretensão de se qualificar para as meias-finais do torneio da Taça Cosafa, ao perder com e-Swatini, por...
- Publicidade -

Costa do Marfim: Laurent Gbagbo recupera seus passaportes marfinenses

Em breve, o ex-chefe de Estado da Costa do Marfim poderá retornar a Abidjan. Após vários meses de espera, Laurent Gbagbo recuperou, nesta sexta-feira, 4...

Novos contos do continente africano

Por ocasião da Feira do Livro e Imprensa Infantil de Montreuil, e da temporada África 2020, close-up de uma coleção de contos intitulada "Babel...

África discute implementação da Zona de Comércio Livre

Os Chefes de Estado ou de Governos africanos reúnem, amanhã, na 13ª sessão extraordinária, dedicada à implementação da Zona de Comércio Livre Continental Africana...

Notícias relacionadas

Angola perde diante do e-Swatini por 0-1

A Selecção Nacional Sub-20 comprometeu, ontem, a pretensão de se qualificar para as meias-finais do torneio da Taça Cosafa, ao perder com e-Swatini, por...

Costa do Marfim: Laurent Gbagbo recupera seus passaportes marfinenses

Em breve, o ex-chefe de Estado da Costa do Marfim poderá retornar a Abidjan. Após vários meses de espera, Laurent Gbagbo recuperou, nesta sexta-feira, 4...

Novos contos do continente africano

Por ocasião da Feira do Livro e Imprensa Infantil de Montreuil, e da temporada África 2020, close-up de uma coleção de contos intitulada "Babel...

África discute implementação da Zona de Comércio Livre

Os Chefes de Estado ou de Governos africanos reúnem, amanhã, na 13ª sessão extraordinária, dedicada à implementação da Zona de Comércio Livre Continental Africana...

Combustíveis: Angola subvenciona consumo de vizinhos

Os contribuintes angolanos subvencionam o consumo de combustíveis em países vizinhos, segundo afirmou a ministra das Finanças, Vera Daves de Sousa, na quinta-feira à...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.