- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Terceira execução nos EUA em menos de 24 horas

Terceira execução nos EUA em menos de 24 horas

(Foto: Reuters)
(Foto: Reuters)

O preso John Ruthell Henry, de 63 anos, foi executado quarta-feira num estabelecimento prisional da Florida, quase três décadas depois de ter assassinado a sua mulher, Suzanne Henry, e o filho desta, Eugene Christian, na altura com cinco anos.

O réu recebeu uma injeção letal na prisão estatal de Raiford, nos arredores da localidade de Starke, e a sua morte foi certificada pouco antes das 20:00 locais, referiram fontes oficiais.

A execução de John Ruthell Henry é a terceira realizada nos Estados Unidos em menos de 24 horas, depois da execução na Georgia de Marcus Wellons e de John Winfield, no Missouri.

Algumas horas antes da execução, o Supremo Tribunal norte-americano tinha recusado um pedido de adiamento da sentença apresentado pelos advogados sob a alegação de que John Ruthell Henry não era “mentalmente estável” para entender a sentença que lhe foi aplicada.

Antes da sentença pela morte da mulher e enteado, John Ruthell Henry tinha sido condenado também por homicídio, mas apenas cumpriu oito anos de cadeia.

Dados oficiais sustentam que no estado da Florida foram já executados 81 presos desde que a pena capital foi restaurada em 1979. (dn.pt)

- Publicidade -
- Publicidade -

Activistas marcam novo protesto na província angolana do Cunene contra a governadora

Na sábado, 21, apesar do forte aparato policial marcharam por sete quilómetros em protesto. Os jovens activistas que se manifestaram na cidade de Ondjiva, na...
- Publicidade -

Huawei é a marca que mais representa a China

Huawei é a marca de consumo que melhor representa a China, de acordo com uma classificação de força de marca divulgada no fim de...

Novos partidos políticos no horizonte em Angola

Analistas questionam surgimento de mais duas formações lideradas por pessoas oriundas da UNITA. O cenário político em Angola pode alargar-se com novos partidos, embora o...

Covid-19: Vacina de Oxford é apenas 70% eficaz

Um resultado considerado aquém dos obtidos pelas vacinas da Pfizer e da Moderna, com índices acima dos 90%. Avacina contra a Covid-19, que está a...

Notícias relacionadas

Activistas marcam novo protesto na província angolana do Cunene contra a governadora

Na sábado, 21, apesar do forte aparato policial marcharam por sete quilómetros em protesto. Os jovens activistas que se manifestaram na cidade de Ondjiva, na...

Huawei é a marca que mais representa a China

Huawei é a marca de consumo que melhor representa a China, de acordo com uma classificação de força de marca divulgada no fim de...

Novos partidos políticos no horizonte em Angola

Analistas questionam surgimento de mais duas formações lideradas por pessoas oriundas da UNITA. O cenário político em Angola pode alargar-se com novos partidos, embora o...

Covid-19: Vacina de Oxford é apenas 70% eficaz

Um resultado considerado aquém dos obtidos pelas vacinas da Pfizer e da Moderna, com índices acima dos 90%. Avacina contra a Covid-19, que está a...

Dois mortos e vários feridos em esfaqueamento em igreja nos EUA

Duas pessoas morreram num esfaqueamento numa igreja na cidade de San José, na Califórnia e várias outras pessoas estão "gravemente feridas", disseram as autoridades...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.