- Publicidade-
InicioAngolaRegiõesHuíla: Mulheres rurais querem mais hospitais nas comunas

Huíla: Mulheres rurais querem mais hospitais nas comunas

Lubango – O aumento do número de postos médicos e centros de saúde, de médicos e enfermeiros nas comunidades rurais, foi o pedido “especial” feito pelas mulheres rurais da comuna da Arimba, no município do Lubango, província da Huíla, no seu primeiro encontro ocorrido terça-feira.

Enfermeiros Durante Jornada Laboral (ANGOP)
Enfermeiros Durante Jornada Laboral (ANGOP)

A solicitação foi feita em comunicado final do encontro sobre a mulher rural realizado na comuna da Arimba (Lubango), sob a égide da administração local.

Ainda na mesma mensagem, este grupo solicitou igualmente a aquisição de ambulâncias, pois quando se deparam com a necessidade de evacuar doentes, têm de usar carroças ou motorizadas.

Defenderam também a promoção de palestras sobre a importância do saneamento básico nas comunidades rurais, criação de postos fixos e móveis para o registo de nascimento no quadro do terceiro compromisso da primeira infância.

“Pretendemos também que o governo provincial da Huila encontre mecanismos de construir e apetrechar salas de alfabetização para a aceleração escolar nas comunidades rurais, instrumento que vai oferecer o ensino e aprendizagem aos alunos”, lê-se no documento.

Na ocasião as participantes enalteceram o papel do Governo na resolução de vários problemas sociais para o seu bem-estar.

Este foi o primeiro encontro do género organizado naquela comuna que dista a 20 quilómetros a sul do Lubango, capital da província da Huíla. (portalangop.co.ao)

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.