- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Economia Financiamento brasileiro para Angola chega este ano

Financiamento brasileiro para Angola chega este ano

(OJE)
(OJE)

A sexta linha de financiamento de crédito do Brasil para projetos de empresas nacionais em Angola, no valor de 2 mil milhões de dólares (1,5 mil milhões de euros), vai contar com desembolsos já em 2014, sobretudo na área da produção de eletricidade.

A garantia foi transmitida pelo ministro da Finanças de Angola em Brasília, no âmbito da visita de Estado do presidente angolano, José Eduardo dos Santos, ao Brasil, que chegou ao fim.

Um dos aspetos mais relevantes desta visita foi o acordo para a abertura de uma nova linha de financiamento, no Brasil, para exportações daquele país para Angola, no valor de 2 mil milhões de dólares.

“A sexta facilidade de crédito entrou em vigor, segue-se um processo para o enquadramento de projetos específico. Trata-se de uma facilidade que trará desembolsos não apenas para o exercício fiscal de 2014 mas para os exercícios seguintes”, disse o ministro das Finanças, Armando Manuel, numa declaração transmitida hoje pela rádio pública angolana, desde Brasília.

Com esta nova linha, o Brasil reforça o seu apoio ao desenvolvimento angolano e em simultâneo promove os interesses dos empresários do país em Angola, ao financiar empresas nacionais, nomeadamente para projetos de reconstrução e de energia.

“Apenas empresas brasileiras são ilegíveis para a utilização destes recursos”, sublinhou o ministro angolano das Finanças.

Eleva-se desta forma a 7,83 mil milhões de dólares (mais de 5,7 mil milhões de euros) o financiamento brasileiro às exportações de bens e serviços para Angola.

De acordo com as informações já disponibilizados pelo Governo angolano, grande parte deste novo financiamento será utilizado na área da energia, nomeadamente no reforço da produção de eletricidade, a concretizar por empresas brasileiras.

Também em Brasília, o ministro angolano de Energia e Águas, João Baptista Borges, explicou que “dois grandes projetos” estão desde já inscritos nesta linha de financiamento brasileiro. É o caso da construção de uma segunda central elétrica na barragem de Cambambe, na província do Cuanza Norte, inaugurada a 6 de outubro de 1963 pelo então Presidente da República de Portugal, Américo Thomaz, ainda na época colonial. Esta obra permitirá elevar os atuais 180 MegaWatts (MW) de produção elétrica para 960 MW, até 2017. Outra das empreitadas prevê a construção do novo aproveitamento hidroelétrico de Laúca, no rio Cuanza.

“São dois projetos importantes para aquilo que é o programa de desenvolvimento do setor elétrico de Angola e, de uma forma geral, do país. Também porque absorvem recursos [financeiros] significativos”, disse, na capital brasileira, o ministro João Baptista Borges. (oje.pt)

com Lusa

- Publicidade -
- Publicidade -

Executivo conta com a parceria das igrejas

O Presidente da República, João Lourenço, reuniu ontem com os líderes das principais igrejas em Angola para analisar a situação económica e social do...
- Publicidade -

Phil Collins: Do casamento de 500 mil euros à lavagem de roupa suja

O cantor está envolvido numa das guerras conjugais mais surreais de 2020. A sua terceira ex-mulher ocupou-lhe a mansão de Miami com o seu...

Covid-19: Portugal recebeu três mil milhões de euros para apoio aos trabalhadores

Portugal recebeu, esta terça-feira, uma tranche de três mil milhões de euros de fundos europeus, no âmbito do programa SURE, para ajudar vários setores...

Vice-Presidente alerta para reflexão na luta contra a SIDA

O Vice-Presidente da República, Bornito de Sousa, alertou para a necessidade de uma reflexão profunda na luta contra o HIV/SIDA. Em mensagem alusiva ao Dia...

Notícias relacionadas

Executivo conta com a parceria das igrejas

O Presidente da República, João Lourenço, reuniu ontem com os líderes das principais igrejas em Angola para analisar a situação económica e social do...

Phil Collins: Do casamento de 500 mil euros à lavagem de roupa suja

O cantor está envolvido numa das guerras conjugais mais surreais de 2020. A sua terceira ex-mulher ocupou-lhe a mansão de Miami com o seu...

Covid-19: Portugal recebeu três mil milhões de euros para apoio aos trabalhadores

Portugal recebeu, esta terça-feira, uma tranche de três mil milhões de euros de fundos europeus, no âmbito do programa SURE, para ajudar vários setores...

Vice-Presidente alerta para reflexão na luta contra a SIDA

O Vice-Presidente da República, Bornito de Sousa, alertou para a necessidade de uma reflexão profunda na luta contra o HIV/SIDA. Em mensagem alusiva ao Dia...

Vítimas dos Conflitos Políticos: Conservatórias já podem emitir certidões de óbito

As Lojas dos Registos e as Conservatórias, que tratam de questões do registo civil, foram orientadas a receber e a dar o devido tratamento...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.