- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola China proíbe jornalistas de fazerem "trabalhos críticos" sem autorização prévia

China proíbe jornalistas de fazerem “trabalhos críticos” sem autorização prévia

As autoridades chinesas têm mantido uma mão forte sobre a informação, com os meios de comunicação controlados pelo Governo e as redes sociais online sujeitas a forte censura

(D.R)
(D.R)

A China proibiu os jornalistas de fazerem “trabalhos críticos” sem autorização prévia, uma decisão que representa um agravamento da repressão num país onde as restrições à imprensa são das mais rígidas a nível mundial.

Os jornalistas chineses “estão proibidos de realizarem trabalhos críticos a não ser que tenham recebido aprovação do seu local de trabalho”, anunciou hoje a administração estatal de imprensa, publicação, rádio, cinema e televisão, de acordo com a agência oficial de notícias Xinhua.

A decisão do Governo chinês é justificada com a intenção de evitar a extorsão, notícias pagas e reportagens falsas.

Os suspeitos de praticarem estas atividades podem ser acusados pela justiça e ficam sujeitos a perder a carteira profissionais e a serem expulsos do Partido Comunista, em caso de serem membros, acrescentou a Xinhua.

As autoridades chinesas têm mantido uma mão forte sobre a informação, com os meios de comunicação controlados pelo Governo e as redes sociais online sujeitas a forte censura.

As autoridades chinesas também lançaram recentemente uma forte ofensiva contra “rumores online”, estipulando que os utilizadores da internet podem enfrentar uma pena de prisão de três anos por escreverem mensagens difamatórias que sejam novamente publicadas 500 vezes.

A China surgia no ano passado em 173.º lugar numa lista de 179 países publicada pelos Repórteres Sem Fronteiras, tendo subido um lugar em relação a 2012. (ionline.pt)

- Publicidade -
- Publicidade -

CR7, Mourinho, Figo e Jorge Mendes nomeados para os Globe Soccer Awards

A lista de nomeados para os Globe Soccer Awards, distinção promovida pelo Ministério do Desporto do Dubai, foi revelada esta segunda-feira, e Portugal conta...
- Publicidade -

Sobe para 10 número de mortos em surto de legionella no Grande Porto

O surto de legionella que afeta a região do Grande Porto causou hoje mais uma morte, elevando para 10 o número de óbitos registados...

João Lourenço: “Manifestações não têm de acabar em violência”

O Presidente angolano lembrou hoje num encontro com jovens que o direito às manifestações está limitado temporariamente devido à pandemia de covid-19 e abordou...

Bolsonaro ignora testes encalhados do governo e culpa Estados e municípios

O presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou que são governadores e prefeitos, e não o governo federal, quem deve explicações sobre os 6,86 milhões...

Notícias relacionadas

CR7, Mourinho, Figo e Jorge Mendes nomeados para os Globe Soccer Awards

A lista de nomeados para os Globe Soccer Awards, distinção promovida pelo Ministério do Desporto do Dubai, foi revelada esta segunda-feira, e Portugal conta...

Sobe para 10 número de mortos em surto de legionella no Grande Porto

O surto de legionella que afeta a região do Grande Porto causou hoje mais uma morte, elevando para 10 o número de óbitos registados...

João Lourenço: “Manifestações não têm de acabar em violência”

O Presidente angolano lembrou hoje num encontro com jovens que o direito às manifestações está limitado temporariamente devido à pandemia de covid-19 e abordou...

Bolsonaro ignora testes encalhados do governo e culpa Estados e municípios

O presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou que são governadores e prefeitos, e não o governo federal, quem deve explicações sobre os 6,86 milhões...

Diálogo com a juventude: Presidente da República ausculta preocupações dos jovens angolanos

Continua a decorrer o encontro entre o Presidente da República, João Lourenço e representantes de jovens angolanos dos mais variados grupos. Na abertura do evento,...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.