- Publicidade-
InicioAngolaEUA: Khattala irá enfrentar "todo o peso da justiça", diz Obama

EUA: Khattala irá enfrentar “todo o peso da justiça”, diz Obama

(Evan Vucci/AP)
(Evan Vucci/AP)

O Presidente norte-americano assegurou hoje que Ahmed Abu Khattala, suspeito do atentado perpetrado em 2012 contra o consulado norte-americano em Benghazi (Líbia), que foi capturado pelas forças norte-americanas, “irá enfrentar todo o peso da justiça”.

Barack Obama, que confirmou ter autorizado a operação de captura do suspeito, afirmou que a detenção de Ahmed Abu Khattala é “uma prova dos conscienciosos esforços dos militares, investigadores e dos funcionários dos serviços de informação” norte-americanos.

“Com esta operação, os Estados Unidos mostraram uma vez mais que estão dispostos a fazer tudo o que for necessário para que seja feita justiça sempre que um americano é atingido”, acrescentou o chefe de Estado norte-americano.

O Departamento de Defesa (Pentágono) anunciou hoje a captura de Ahmed Abu Khattala, presumível líder do grupo ultraconservador muçulmano Ansar al-Shariah, movimento a quem se atribui a organização do ataque contra o consulado norte-americano em Benghazi, na região leste da Líbia, a 11 de setembro de 2012.

Khattala foi capturado, no domingo, na região leste do território líbio durante uma operação que envolveu as forças especiais norte-americanas e elementos da polícia federal dos Estados Unidos (FBI).

O Pentágono indicou ainda que o suspeito está atualmente detido “num local seguro fora da Líbia”.

No atentado morreram o então embaixador norte-americano na Líbia, Christopher Stevens, e três agentes norte-americanos: um membro da segurança do Departamento de Estado e dois funcionários dos serviços secretos norte-americanos (CIA).

Esta é a primeira detenção realizada pelas autoridades norte-americanas que está relacionada diretamente com o atentado de Benghazi.

Citado pelo canal de informação norte-americano CNN, Edward Price, um porta-voz do Conselho Nacional de Segurança, afirmou que Ahmed Abu Khattala será transferido para os Estados Unidos para conhecer “nos próximos dias” as acusações.

Segundo o secretário da Justiça norte-americano, Eric Holder, o suspeito, que será julgado nos tribunais norte-americanos, é objeto de três acusações de crime por parte das autoridades federais.

“Mantemos a opção de adicionar outras acusações nos próximos dias”, disse ainda Eric Holder, também citado pela CNN. (noticiasaominuto.com)

por Lusa

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.