- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Partidos Políticos devem investir nas TICs para sua afirmação - especialista

Partidos Políticos devem investir nas TICs para sua afirmação – especialista

Os partidos políticos devem apostar no campo das Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs) para se afirmarem na sociedade e junto dos seus militantes, advogou nesta segunda-feira, em Luanda, o especialista em Ciências Políticas e Relações Internacionais, Sério Conceição.

Partidos Políticos devem investir nas TICs (Foto: Angop)
Partidos Políticos devem investir nas TICs (Foto: Angop)

Falando à Angop a propósito da importância das TICs nas organizações políticas, Sérgio Conceição lembrou que com o surgimento desta ferramenta, na década de 1990, a comunicação entre as pessoas melhorou substancialmente, ao mesmo tempo que permitiu criar novos empregos através do advento da Internet.

Disse que a globalização e o avanço tecnológico trouxeram inúmeros obstáculos para as organizações, por estarem inseridas em um ambiente altamente competitivo e turbulento que se transforma a todo instante com uma velocidade alucinante.

Observou que as TICs são vitais para a sobrevivência dos partidos políticos, porquanto a sua utilização no dia-a-dia exige destes um sistema de informação ágil capaz de acompanhar o ritmo das transformações políticas e sociais que ocorrem no país e no mundo.

Argumentou que o uso das TICs é tão importante nos dias de hoje, quanto a necessidade das pessoas se alimentarem diariamente, e cita o telemóvel e o computador como ferramentas bastante preciosas e imprescindíveis para a execução das tarefas do dia-a-dia com brevidade e eficácia.

Por outro lado, Sérgio Conceição precisou que para além de potenciar a aprendizagem aos políticos e governantes, as TICs oferecem maiores possibilidades na busca pelo interesse dos cidadãos.

Sublinhou que as redes sociais, como o facebook, o tweeter e outros, podem servir de meios para aproximar os políticos com os militantes ou os detentores de cargo públicos com as populações.

“Também podem servir de barómetro para as organizações políticas ou governos medirem a pulsação e o grau de contentamento das populações em relação a determinadas medidas que são tomadas”, comentou.

Acrescenta que no âmbito do exercício de actividades políticas, as TICs oferecem igualmente a possibilidade de os programas e projectos serem difundidas às populações com maior brevidade, para além de melhorar a prestação dos serviços aos cidadãos.

Indicou que através das TICs, pode-se desenvolver programas governamentais de descentralização administrativa, com o intuito de fazer participar mais os cidadãos na vida governativa.

“Este aspecto é importante para Angola, no âmbito do que tem vindo a ser feito para a criação e implementação das Autarquias Locais, que tem como objectivo principal envolver mais as populações na governação local”, estimou.

Com efeito, o especialista em Ciências Políticas e Relações Internacionais notou que em Angola o custo da utilização das TICs ainda é bastante elevado, mas acredita que com os investimentos em curso no sector das telecomunicações, os preços poderão baixar de forma abrupta.

Segundo a fonte, dentro das TICs a informática é a que tem despertado maior atenção dos cidadãos, uma vez que a sua utilização é muito disseminada em diversos ambientes de trabalho, tendo em conta a abrangência de seus impactos.

O interlocutor da Angop concluiu que em muitos países existem os chamados Governos Electrónicos que melhoram de uma forma eficiente a prestação dos serviços, a transparência dos actos dos governantes e dos funcionários públicos, a prestação de contas e o combate à corrupção. (portalangop.co.ao)

- Publicidade -
- Publicidade -

Analistas instam Governo moçambicano a investir em políticas efectivas para a juventude

Estudos apontam desemprego, falta de oportunidades e pobreza como factores que "facilitam" o recrutamento de jovens por grupos terroristas Vários estudos e pesquisadores apontam para...
- Publicidade -

Caso Alex Saab: Autoridades cabo-verdianas “pesam” cumprimento ou não de acórdão do Tribunal da CEDEAO

Juristas dizem não haver "obrigatoriedade" no cumprimento do acórdão que mandou colocar enviado especial da Venezuela em prisão preventiva O acórdão do Tribunal da Comunidade...

Diamante rosa do Lulo resulta em três pedras

A lapidação de um diamante rosa bruto de 46 quilates, recuperado na mina do Lulo, Lunda-Norte, em Maio de 2018, deu lugar a três...

Última Hora: Explosão em refinaria na África do Sul provoca grande incêndio

Uma explosão numa refinaria de petróleo na cidade de Durban, na África do Sul, às primeiras horas da manhã, causou um grande incêndio, originando...

Notícias relacionadas

Analistas instam Governo moçambicano a investir em políticas efectivas para a juventude

Estudos apontam desemprego, falta de oportunidades e pobreza como factores que "facilitam" o recrutamento de jovens por grupos terroristas Vários estudos e pesquisadores apontam para...

Caso Alex Saab: Autoridades cabo-verdianas “pesam” cumprimento ou não de acórdão do Tribunal da CEDEAO

Juristas dizem não haver "obrigatoriedade" no cumprimento do acórdão que mandou colocar enviado especial da Venezuela em prisão preventiva O acórdão do Tribunal da Comunidade...

Diamante rosa do Lulo resulta em três pedras

A lapidação de um diamante rosa bruto de 46 quilates, recuperado na mina do Lulo, Lunda-Norte, em Maio de 2018, deu lugar a três...

Última Hora: Explosão em refinaria na África do Sul provoca grande incêndio

Uma explosão numa refinaria de petróleo na cidade de Durban, na África do Sul, às primeiras horas da manhã, causou um grande incêndio, originando...

A vaidade e a falta de humildade de quem diz que o País não tem recursos – Ramiro Aleixo

Uma governação que herda um passivo de crise tão elevado, que obriga os seus cidadãos ao pagamento tão doloroso de uma divida que não...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.