- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Mais de 50 milhões de crianças africanas não vão à escola

Mais de 50 milhões de crianças africanas não vão à escola

(AP)
(AP)

Para celebrar o 16 de Junho, Dia da Criança Africana, UNICEF promove a reflexão sobre a problemática das crianças fora do ensino, através do lançamento do relatório da Iniciativa Global denominada “Crianças fora da Escola”, destacando uma boa avaliação para Angola.

Esta iniciativa, é o resultado da parceria entre o UNICEF e o Instituto de Estatística da UNIESCO que lança dois estudos regionais sobre a situação das crianças fora da escola nos países da África subsariana.

Dados do estudo mostram que, cerca de 57 milhões de rapazes e raparigas em idade pré-escolar estão fora do ensino e 69 milhões de adolescentes não frequentam a escola secundária. Grande parte destas crianças vivem em países afectados por conflitos, sendo que metade vive na África subsaariana, e mais de metade são raparigas.

Em Angola verifica-se um avanço progressivo no acesso ao ensino com mais de sete milhões de crianças e estudantes inseridos no sistema, aproximadamente   1,7 milhões registados em 2002. Verifica-se também melhorias no ensino primário com o aumento de 2.6 milhões de crianças na escola desde 2003; melhorias na taxa de alfabetização com mais de 2.5 milhões de pessoas alfabetizadas.

A pesquisa revela ainda que a maior parte destas crianças são de famílias pobres, de áreas rurais e provenientes de grupos étnicos minoritários. Muitas crianças são portadoras de deficiências ou têm de trabalhar para ajudar as suas famílias.

De acordo com o estudo, os governos devem apoiar e implementar acções destinadas a reforçar o investimento no ensino básico, para dotar as crianças de instrumentos que lhes permitam viver uma vida significativa, produtiva e em coexistência pacífica.

O Comité Africano de Peritos sobre os Direitos e Bem-Estar da Criança escolheu como lema do dia 16 de Junho, Dia da Criança Africana, “Educação de qualidade, gratuita e obrigatória para todas as crianças africanas”. A iniciativa tem como objectivo chamar a atenção dos governos para a sua Responsabilidade no asseguramento do direito das crianças à educação nos termos definidos pela Carta Africana para os Direitos e Bem-Estar da Criança.

O Dia da Criança Africana foi criado pelo Comité Africano de Peritos sobre os Direitos e Bem-Estar da Criança (ACERWC) para recordar o dia 16 de Junho de 1976 quando milhares de crianças negras da Cidade de Soweto, na África do Sul, foram para as ruas para protestar contra a baixa qualidade do seu sistema de ensino e reclamar para que fossem ensinados na sua língua local.

Tal acção sofreu uma resposta violenta por parte das autoridades, tendo sido mortas centenas de crianças e milhares feridas. (voa.com)

- Publicidade -
- Publicidade -

Polícia cubana detém activistas entrincheirados em protesto pela condenação de um colega

Seis membros do grupo San Isidro estavam em greve de fome Um grupo de artistas cubanos que estava entrincheirado há 10 dias numa casa do...
- Publicidade -

JLo: Propaganda e Culto da Personalidade

"João Lourenço: Contigo é Possível". Foi este o slogan escolhido pelo MPLA para uma intensa campanha nas redes sociais nos últimos dias. Vinha junto...

Trump admite deixar a Casa Branca se o Colégio Eleitoral votar em Joe Biden

Presidente reiterou "fraudes massivas" e disse que "somos um país do terceiro mundo" O Presidente americano Donald Trump disse que deixará a Casa Branca se...

Covid-19. Cuba anuncia duas vacinas e já conta com quatro possíveis fármacos

Cuba anunciou quinta-feira que vai começar os ensaios clínicos de dois projectos de vacinas contra a Covid-19, que aumentam para quatro o número de...

Notícias relacionadas

Polícia cubana detém activistas entrincheirados em protesto pela condenação de um colega

Seis membros do grupo San Isidro estavam em greve de fome Um grupo de artistas cubanos que estava entrincheirado há 10 dias numa casa do...

JLo: Propaganda e Culto da Personalidade

"João Lourenço: Contigo é Possível". Foi este o slogan escolhido pelo MPLA para uma intensa campanha nas redes sociais nos últimos dias. Vinha junto...

Trump admite deixar a Casa Branca se o Colégio Eleitoral votar em Joe Biden

Presidente reiterou "fraudes massivas" e disse que "somos um país do terceiro mundo" O Presidente americano Donald Trump disse que deixará a Casa Branca se...

Covid-19. Cuba anuncia duas vacinas e já conta com quatro possíveis fármacos

Cuba anunciou quinta-feira que vai começar os ensaios clínicos de dois projectos de vacinas contra a Covid-19, que aumentam para quatro o número de...

Amor em tempos de cólera

Inspirados pela magia literária de Gabriel Garcia Marquez, acreditamos na nova aurora de liberdade proclamada em 2017 pelo Presidente João Lourenço, mas, três anos...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.