- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Luzia Inglês reúne com comitê da OMA das comunidades em Portugal

Luzia Inglês reúne com comitê da OMA das comunidades em Portugal

Lisboa, – Os membros do Comitê da Organização da Mulher Angolana (OMA) das Comunidades em Portugal foram sábado, em Lisboa, exortadas a um maior empenho e protagonismo para a dinamização das estruturas da organização no exterior do país.

Luzia Inglês - Secretária- geral da OMA (Foto: Aspirante)
Luzia Inglês – Secretária- geral da OMA (Foto: Aspirante)

A exortação foi da secretaria geral da OMA, Luzia Inglês Van-Dunem num encontro com as responsáveis das secções de base , que teve lugar na associação dos estudantes angolanos em Portugal, com o objectivo de orientar um seminário sobre o estudo dos estatutos e regulamentos da organização, bem como analisar o funcionamento organizativo e político das estruturas locais.

Luzia Inglês sublinhou a necessidade de se organizar a estatística para facilitar a criação de um banco central de dados, divulgar as actividades da organização, promover o uso das novas tecnologias,incentivar a educação patriótica bem como a formação política e profissional.

O Seminário metodológico visou refrescar e capacitar as responsáveis da OMA, com vista a adoptarem métodos e estilos de trabalho eficazes que contribuirão para o melhoramento da vida interna da organização.

“A vossa presença neste encontro formativo para partilhar idéias e conhecimentos é uma prova evidente de que estamos dispostas a fortificar a nossa organização na defesa dos interesses mais nobres das mulheres angolanas”, sublinhou.

Acrescentou que o seminário decorre numa altura em que decorrem vários eventos importantes no país como os preparativos do V. Congresso Extraordinário do MPLA, o movimento de revitalização dos Comitês de Accão do Partido, o amplo movimento de auscultação dos problemas da mulher rural e, pela primeira vez, o Censo Geral da População e Habitação.

Neste âmbito, apelou para a necessidade de se trabalhar com espírito de unidade e solidariedade para que as fileiras da OMA estejam cada vez mais fortalecidas e se continue a cumprir com os propósitos do MPLA liderado pelo Presidente José Eduardo dos Santos.

“Auguro que continuem a dignificar o bom nome de Angola e a serem verdadeiras promotoras da imagem de Angola no país em que se encontram”, sublinhou.

Entretanto, o Comitê da OMA na comunidade angolana no estrangeiro é um órgão de direcção que orienta e dinamiza as actividades das secções de base existentes num determinado país, em conformidade com o regulamento da organização e as deliberações dos Congressos e do Comitê Nacional. (portalangop.co.ao)

- Publicidade -
- Publicidade -

PM guineense quer manter ministro da Economia no Governo e recusa sua demissão

Victor Mandinga pediu demissão depois da nomeação de vice-primeiro-ministro O primeiro-ministro da Guiné-Bissau, Nuno Gomes Nabiam, disse nesta terça-feira, 24, não ter aceite o pedido...
- Publicidade -

Ministro moçambicano da Defesa celebra conquistas em Cabo Delgado, mas analistas sugerem cautela

"Não é por se ter recuperado a vila de Muidumbe, que tinha sido ocupada pelos insurgentes, que se vai celebrar a vitória", diz analista...

Tshisekedi ausculta a influência de Sassou para afastar o antigo aliado Kabila

Na luta contra o predecessor Joseph Kabila, o presidente Félix Tshisekedi pediu ajuda ao vizinho chefe de estado, Denis Sassou Nguesso, no sentido da...

ONGs moçambicanas exigem anulação do concurso para a composição da Comissão de Eleições

A dois dias do prazo de candidaturas da sociedade civil para a Comissão Nacional de Eleições (CNE), um grupo de 10 organizações exige que...

Notícias relacionadas

PM guineense quer manter ministro da Economia no Governo e recusa sua demissão

Victor Mandinga pediu demissão depois da nomeação de vice-primeiro-ministro O primeiro-ministro da Guiné-Bissau, Nuno Gomes Nabiam, disse nesta terça-feira, 24, não ter aceite o pedido...

Ministro moçambicano da Defesa celebra conquistas em Cabo Delgado, mas analistas sugerem cautela

"Não é por se ter recuperado a vila de Muidumbe, que tinha sido ocupada pelos insurgentes, que se vai celebrar a vitória", diz analista...

Tshisekedi ausculta a influência de Sassou para afastar o antigo aliado Kabila

Na luta contra o predecessor Joseph Kabila, o presidente Félix Tshisekedi pediu ajuda ao vizinho chefe de estado, Denis Sassou Nguesso, no sentido da...

ONGs moçambicanas exigem anulação do concurso para a composição da Comissão de Eleições

A dois dias do prazo de candidaturas da sociedade civil para a Comissão Nacional de Eleições (CNE), um grupo de 10 organizações exige que...

Orçamento para a investigação preocupa docentes

Alguns segmentos da comunidade académica da província da Huíla, mostram-se preocupados com as verbas que estão destinadas à rubrica de investigação científica em educação...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.