- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Angola pede apoio ao G77 e China para sua candidatura ao CS...

Angola pede apoio ao G77 e China para sua candidatura ao CS

Santa Cruz de Lá Sierra – Angola pediu domingo último, na cidade de Santa Cruz de Lá Sierra, Colômbia, que os países membros do Grupo dos 77 e a China apoiem a sua candidatura a membro não permanente do Conselho de Segurança da ONU, para o período 2015-2016, durante as eleições a terem lugar no decurso da 69/a sessão ordinária da Assembleia Geral da organização, entre Outubro e Dezembro.

Manuel Augusto - Secretário de Estado do MIREX (Foto de arquivo) (Foto: Francisco Miúdo)
Manuel Augusto – Secretário de Estado do MIREX (Foto de arquivo) (Foto: Francisco Miúdo)

O pedido foi formulado pelo secretário de Estado das Relações Exteriores, Manuel Augusto, quando discursava, em nome do Presidente da República, José Eduardo dos Santos, na Cimeira extraordinária dos chefes de Estado e de Governo do Grupo dos 77 e China, que decorreu de 14 a 15, sob o lema “Por uma nova ordem mundial para viver bem.

Justificou que ao apresentar a sua candidatura, já apoiada pela União Africana, Angola pretende contribuir para a paz e segurança, pois são premissas fundamentais para o desenvolvimento e bem-estar no mundo.

Nesse âmbito, Manuel Augusto realçou os compromissos que o Governo angolano tem com a manutenção da paz e segurança internacional, que decorrem da sua condição de país que experimentou “os horrores de uma longa e devastadora guerra civil e que, por isso, valoriza muito a manutenção de um ambiente de paz para um crescimento económico sustentado e inclusivo e um desenvolvimento sustentável”.

Referindo-se à Cimeira do grupo, que completou 50 anos domingo, 15, disse que “a composição numérica e qualitativa do nosso grupo, bem como os êxitos que vem alcançando na sua reafirmação como instrumento de promoção da igualdade económica internacional e na defesa dos seus interesses comuns, permite afirmar que o Grupo 77 e a China é, “sem dúvida, capaz de contribuir positivamente para uma efectiva parceria global de cooperação para o desenvolvimento”.

Para isso, prosseguiu, deve-se continuar a desenvolver acções para que os países do Sul articulem e promovam os seus interesses económicos colectivos e fortaleçam as suas capacidades de negociação sobre todos os assuntos económicos no sistema das Nações Unidas, particularmente na promoção da cooperação Sul-Sul.

Nesta perspectiva, Manuel Augusto reafirmou o compromisso do Governo angolano de apoiar, no quadro da cooperação internacional, a realização das aspirações dos países em desenvolvimento, dando o seu apoio à Parceria Global para o Desenvolvimento, através da realização dos Objectivos de Desenvolvimento do Milénio.

Sustentou que esta Parceria Global deve ser reforçada para a prossecução das Metas de Desenvolvimento Sustentável e da Agenda Global de Desenvolvimento pós-2015.

À margem da Cimeira, o secretário de Estado das Relações Exteriores desenvolveu uma intensa actividade diplomática junto de representantes de países da América Latina, no quadro da campanha para a candidatura de Angola a membro não permanente do Conselho de Segurança da ONU, bem como abordou com os seus interlocutores aspectos de interesse bilateral.

Integraram a delegação angolana, além de altos funcionários do Ministério das Relações Exteriores, os representantes permanentes de Angola nas Nações Unidas e junto das agências da ONU sediadas em Roma (FAO, PAM e FIDA), Ismael Martins e Florêncio de Almeida, respectivamente.

Os 133 países em desenvolvimento analisaram, durante os dois dias, entre outros temas, novos modelos de luta contra a pobreza e a fome, comércio igualitário, alterações climáticas, sistemas financeiros e defesa do meio ambiente, aspectos que estão reflectidos na Declaração Final, negociada nos últimos três meses, em Nova Iorque, sob direcção da Bolívia, país que detém a presidência rotativa do G77 + China.

O Grupo dos 77 nas Nações Unidas é um conjunto de nações em desenvolvimento, que visa promover os interesses económicos colectivos dos seus membros e criar uma maior capacidade de negociação conjunta na Organização das Nações Unidas.

O Grupo foi fundado em 15 de Junho de 1964, com a “Declaração Conjunta dos Setenta e Sete Países”, emitida na Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD), sendo que sua primeira reunião importante foi em Argel, em 1967, quando foi adoptada a Carta de Argel. (portalangop.co.ao)

- Publicidade -
- Publicidade -

Fenómeno «Sócia» – O alívio alimentar das famílias de Luanda

A crise financeira que afecta o País desde meados de 2014, associada à desvalorização da moeda nacional, o Kwanza, que consequentemente reduziu o poder...
- Publicidade -

Russell Westbrook sai dos Rockets para os Wizards

Os Wizards, a equipa de basquetebol de Washington DC, adquiriram Russell Westbrook!!! Pelo que escreve o site desportivo ESPN, Westbrook há muito queria sair dos...

Elliot Page revela ser transgénero

Ele nasceu Ellen Page e ontem o actor indicado ao Oscar que protagonizou "Juno", "Inception" e "The Umbrella Academy" anunciou que se tornou transgénero...

Jorge Soares Silva, vencedor do Prémio Literário Arnaldo França e uma carreira nas letras

Escritor cabo-verdiana ganha prémio com obra sobre a vivência da diáspora cabo-verdiana em Angola O escritor cabo-verdiano Jorge Soares Silva é o vencedor da 3.ª...

Notícias relacionadas

Fenómeno «Sócia» – O alívio alimentar das famílias de Luanda

A crise financeira que afecta o País desde meados de 2014, associada à desvalorização da moeda nacional, o Kwanza, que consequentemente reduziu o poder...

Russell Westbrook sai dos Rockets para os Wizards

Os Wizards, a equipa de basquetebol de Washington DC, adquiriram Russell Westbrook!!! Pelo que escreve o site desportivo ESPN, Westbrook há muito queria sair dos...

Elliot Page revela ser transgénero

Ele nasceu Ellen Page e ontem o actor indicado ao Oscar que protagonizou "Juno", "Inception" e "The Umbrella Academy" anunciou que se tornou transgénero...

Jorge Soares Silva, vencedor do Prémio Literário Arnaldo França e uma carreira nas letras

Escritor cabo-verdiana ganha prémio com obra sobre a vivência da diáspora cabo-verdiana em Angola O escritor cabo-verdiano Jorge Soares Silva é o vencedor da 3.ª...

Angola perde diante do e-Swatini por 0-1

A Selecção Nacional Sub-20 comprometeu, ontem, a pretensão de se qualificar para as meias-finais do torneio da Taça Cosafa, ao perder com e-Swatini, por...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.