InicioMundo LusófonoPortugalPrimeiros 31 dias da "época" com mais 10% de incêndios

Primeiros 31 dias da “época” com mais 10% de incêndios

(Foto: Fernando Fontes/Global Imagens)
(Foto: Fernando Fontes/Global Imagens)

Segunda quinzena de maio com mais 44,6% de ocorrências do que em 2013 e junho também supera. Severidade dos fogos agravou-se nos últimos oito dias, com o emprego de mais combatentes.

Os primeiros 31 dias da “época de incêndios” registaram um número de ocorrências superior ao do ano passado, estando a agravar-se nos últimos oito dias, com maior emprego de operacionais.

Analisando-se os dados diários de ocorrências de incêndios florestais divulgados pela Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), verifica-se que, até anteontem e desde 15 de maio (30 dias), foram registadas 945 ignições, mais 98 (11,6%) do que em 2013 (847). Ontem, 31.o dia, às 21 horas, o acumulado já superava em 95 fogos (+10,6%) os 900 neste dia do ano passado.

A análise comparada feita pelo JN evidencia um agravamento das ocorrências na segunda quinzena de maio – a primeira de vigência do Dispositivo Especial de Combate aos Incêndios Florestais (DECIF) -, com um número de ignições superior em 179 (44,6%): 580 este ano, contra 401 em 2013. (jn.pt)

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.