InicioMundo LusófonoGuiné-BissauMorreu o diplomata e académico guineense Adelino Mano Queta

Morreu o diplomata e académico guineense Adelino Mano Queta

Na foto Adelino Mano Queta, antigo chefe da diplomacia da Guiné Bissau; (DR)
Na foto Adelino Mano Queta, antigo chefe da diplomacia da Guiné Bissau;
(DR)

O antigo Ministro guineense dos Negócios estrangeiros, Adelino Mano Queta, morreu este sábado, 14 de Junho, vítima de doença súbita, após uma longa carreira político-diplomática.

Adelino Mano Queta, nasceu em Mansoa, centro norte da Guiné Bissau, e fez os seus estudos universitários, em Portugal, onde estudou Ciências Políticas e Sociais.

Político, académico e diplomata, Adelino Mano Queta, era na altura do golpe militar de 2012, Ministro da Justiça e mais tarde, ocupou a pasta de Ministro dos Negócios estrangeiros, no governo, do Primeiro Ministro, Carlos Gomes Júnior.

Na sua qualidade de diplomata, Adelino Mano Queta, serviu a Guiné Bissau, enquanto Embaixador, em vários países da Europa, mas também em Organizações, como a francófona, CEDEAO, Comunidade Económica dos Estados da África do Oeste, ou a lusófona, CPLP, Comunidade dos Países de Língua Portuguesa.

Adelino Mano Queta, chegou mesmo a pensar em vôos mais altos, tendo sido, candidato independente, nas eleições presidenciais, de 2005, na Guiné Bissau.

O antigo Chefe da diplomacia da Guiné Bissau, Adelino Mano Queta, vai a enterrar, na próxima semana, no cemitério municipal, de Bissau. (rfi.fr)

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.