- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Dez pessoas morreram afogadas em viagem ilegal para a Europa

Dez pessoas morreram afogadas em viagem ilegal para a Europa

(euronews.com)
(euronews.com)

Dez pessoas morreram afogadas quando o barco em que alegadamente tentavam cruzar o Mediterrâneo do norte de África para a Europa afundou ao largo da Líbia. Do naufrágio, ainda assim, escaparam 39 pessoas, socorridas a tempo pelas autoridades italianas.

A nacionalidade das vítimas deste acidente trágico não foi revelada. Os sobreviventes foram recolhidos pelo navio Etna, que deverá chegar este domingo a Palermo este domingo, levando a bordo cerca de 700 migrantes resgatados nos últimos dias.

Num outro caso, dois barcos da guarda costeira italiana resgataram 288 migrantes sírios num barco de madeira com apenas 20 metros de comprimento. Entre estes resgatados, que foram levados para o porto de Reggio Calabria, estavam 140 crianças.

Só este ano, adiantam as autoridades costeiras italianas, pelo menos 50 mil pessoas terão conseguido atravessar do norte de África para Itália, ultrapassando já os 40 mil que fizeram esta mesma travessia no ano passado. (euronews.com)

- Publicidade -
- Publicidade -

PM guineense quer manter ministro da Economia no Governo e recusa sua demissão

Victor Mandinga pediu demissão depois da nomeação de vice-primeiro-ministro O primeiro-ministro da Guiné-Bissau, Nuno Gomes Nabiam, disse nesta terça-feira, 24, não ter aceite o pedido...
- Publicidade -

Ministro moçambicano da Defesa celebra conquistas em Cabo Delgado, mas analistas sugerem cautela

"Não é por se ter recuperado a vila de Muidumbe, que tinha sido ocupada pelos insurgentes, que se vai celebrar a vitória", diz analista...

Tshisekedi ausculta a influência de Sassou para afastar o antigo aliado Kabila

Na luta contra o predecessor Joseph Kabila, o presidente Félix Tshisekedi pediu ajuda ao vizinho chefe de estado, Denis Sassou Nguesso, no sentido da...

ONGs moçambicanas exigem anulação do concurso para a composição da Comissão de Eleições

A dois dias do prazo de candidaturas da sociedade civil para a Comissão Nacional de Eleições (CNE), um grupo de 10 organizações exige que...

Notícias relacionadas

PM guineense quer manter ministro da Economia no Governo e recusa sua demissão

Victor Mandinga pediu demissão depois da nomeação de vice-primeiro-ministro O primeiro-ministro da Guiné-Bissau, Nuno Gomes Nabiam, disse nesta terça-feira, 24, não ter aceite o pedido...

Ministro moçambicano da Defesa celebra conquistas em Cabo Delgado, mas analistas sugerem cautela

"Não é por se ter recuperado a vila de Muidumbe, que tinha sido ocupada pelos insurgentes, que se vai celebrar a vitória", diz analista...

Tshisekedi ausculta a influência de Sassou para afastar o antigo aliado Kabila

Na luta contra o predecessor Joseph Kabila, o presidente Félix Tshisekedi pediu ajuda ao vizinho chefe de estado, Denis Sassou Nguesso, no sentido da...

ONGs moçambicanas exigem anulação do concurso para a composição da Comissão de Eleições

A dois dias do prazo de candidaturas da sociedade civil para a Comissão Nacional de Eleições (CNE), um grupo de 10 organizações exige que...

Orçamento para a investigação preocupa docentes

Alguns segmentos da comunidade académica da província da Huíla, mostram-se preocupados com as verbas que estão destinadas à rubrica de investigação científica em educação...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.