Ensa
Portal de Angola
Informação ao minuto

Ministros da Defesa reunidos em Luanda

(Foto: Santos Pedro)

O Comité de Ministros da Defesa da Conferência Internacional sobre a Região dos  Grandes Lagos analisa hoje, em Luanda, a situação da segurança no Sudão do Sul e na República Centro Africana.

(Foto: Santos Pedro)
(Foto: Santos Pedro)

Os chefes dos Estados-Maiores dos Estados-membros da organização prepararam até ontem a agenda do encontro de ministros, que vai igualmente avaliar a situação na República Democrática do Congo.

Os chefes dos Estados-Maiores, ainda na reunião de ontem, analisaram a situação administrativa e financeira, assim como o orçamento para este ano e vão  informar, hoje, os ministros da Defesa sobre a situação na República Centro Africana e no Sudão do Sul.

O secretário executivo da Conferência Internacional sobre a Região dos Grandes Lagos, Ntumba Luaba, afirmou,  na abertura da reunião, que está concluída a análise da situação de segurança na República Centro Africana.

Ntumba Luaba indicou que cinco Estados-membros da Conferência Internacional dos Grandes Lagos garantiram  apoio à República Centro Africana para que regresse a paz e estabilidade.

O presidente do Comité de Estado-Maior General da Conferência Internacional sobre a Região dos Grandes Lagos, Geraldo Shachipengo Nunda, disse que \”os conflitos não existem só no leste da RDC, embora este seja o mais longo e complexo\”. O chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas Angolanas pediu o  esforço de todos para a solução definitiva dos conflitos.

O general Nunda recomendou aos países membros que prestem particular atenção à situação na República Centro Africana e do Sudão do Sul, \”mesmo depois do acordo alcançado entre as partes em conflito naquele país\”. Shachipengo Nunda assegurou que a região procura uma \”solução duradoira\” para que a paz possa reinar no seio da população e que o desenvolvimento económico numa região particularmente rica possa ser uma realidade em beneficio do seu povo.

O titular da pasta da Defesa Nacional na abertura da reunião do Comite dos Chefes  de  Estado Maior General da Região dos grandes lagos, referiu que os países membros continuam a dar passos firmes para a consolidação das instituições democráticas e os mecanismos capazes de promover o desenvolvimento e o bem estar da população.

O ministro da Defesa Nacionalfez ainda referência à situação no leste da República Democrática do Congo, na República Centro Africana e no Sudão do Sul.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »