InicioAngolaLunda Sul: Responsáveis defendem combate à sinistralidade rodoviária

Lunda Sul: Responsáveis defendem combate à sinistralidade rodoviária

Saurimo – Os membros do Conselho Provincial de Viação e Ordenamento de Trânsito da Lunda Sul defenderam quinta-feira, em Saurimo, maior envolvimento de todos os sectores públicos e da sociedade civil na formação da consciência das populações para a observância da prevenção e segurança rodoviária, com vista a redução de índices de sinistralidade rodoviária.

(Foto: Belo)
(Foto: Belo)

O comunicado saído da reunião deste conselho, recomendou a conservação das vias públicas e pontes definitivas da região, bem como a conclusão das obras de construção e reabilitação das estradas nacionais 180 (Saurimo/Lunda Norte/Moxico), 230 (Saurimo/Malanje), 240 (Saurimo/Luau) e as principais vias secundárias e terciárias das sedes municipais.

Durante o encontro, orientado pela presidente do referido conselho, Cândida Narciso, os membros avaliaram o grau de cumprimento das recomendações da reunião anterior e analisaram assuntos ligados ao controlo do parque automóvel e licenciamento das operadoras de transporte público e privado na província  da Lunda Sul.

A agenda de trabalho da reunião incluiu também Informação sobre a sinistralidade rodoviária referente ao primeiro trimestre do ano em curso, situação de ordenamento de trânsito das localidades, transgressões administrativas na cidade de Saurimo e o processo de melhoramento das vias rodoviárias e respectiva sinalização.

No encontro foram ainda destacadas acções realizadas pela administração municipal de Saurimo com vista a consciencialização dos cidadãos sobre o cumprimento das normas sociais, melhoramento dos pavimentos e reposição da sinalização horizontal e vertical, de modo a contribuir na organização urbana da cidade. (portalangop.co.ao)

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.