- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola EUA denunciam detenções arbitrárias de dissidentes em Cuba

EUA denunciam detenções arbitrárias de dissidentes em Cuba

Os Estados Unidos denunciaram, esta quinta-feira, a ocorrência em Cuba, nas últimas semanas, de “dezenas de detenções arbitrárias” de dissidentes, instando Havana a acabar com este tipo de prática e a respeitar os direitos humanos.

(Foto: Lusa)
(Foto: Lusa)

“Temos relatos de recentes detenções arbitrárias de dezenas de membros da sociedade civil e ativistas. Entre eles, o ativista Jorge Luis García Pérez, também conhecido como ‘Antúnez’, e a sua mulher, Yris Pérez Aguilera”, disse a porta-voz adjunta do Departamento de Estado norte-americano, Marie Harf.

A lista de detidos inclui ainda a líder das “Damas de Branco”, Berta Soler, e o seu marido, Ángel Moya, referiu a mesma responsável.

Os Estados Unidos denunciaram ainda que o jornalista Roberto Jesús Guerra foi “atacado com violência”, numa ação que lhe provocou “uma fratura no nariz e uma rotura de ligamentos”.

“Condenamos veementemente o uso sistemático da violência física por parte do Governo cubano para silenciar os seus críticos. Instamos o Governo de Cuba a acabar com estas práticas e a respeitar os direitos humanos dos cidadãos de Cuba”, assinalou Marie Harf. (noticiasaominuto.com)

- Publicidade -
- Publicidade -

Reações.Violência policial na França: a imprensa estrangeira em choque

Deriva autoritária? Caso George Floyd ao estilo francês? Após a divulgação de imagens da agressão a um produtor negro pela polícia e enquanto uma...
- Publicidade -

Falta de comida leva ursos a atacar túmulos na Rússia

Animais procuraram forma de sobreviver à fome O comportamento incomum dos animais foi observado em mais do que uma cidade, mas foi o município russo...

LIMA tem nova líder no Bengo

A nova presidente provincial do Bengo da Liga da Mulher Angolana (LIMA), Ana Paula Afonso, foi investida, ontem, em Caxito, substituindo Ana José Chumbo. A...

Inocêncio de Matos, morto na manifestação do dia 11 de Novembro, vai hoje a enterrar

Passados 18 dias após a morte de Inocêncio Matos, finalmente será realizado o enterro. A família diz estar ultrapassado o diferendo que os opunha...

Notícias relacionadas

Reações.Violência policial na França: a imprensa estrangeira em choque

Deriva autoritária? Caso George Floyd ao estilo francês? Após a divulgação de imagens da agressão a um produtor negro pela polícia e enquanto uma...

Falta de comida leva ursos a atacar túmulos na Rússia

Animais procuraram forma de sobreviver à fome O comportamento incomum dos animais foi observado em mais do que uma cidade, mas foi o município russo...

LIMA tem nova líder no Bengo

A nova presidente provincial do Bengo da Liga da Mulher Angolana (LIMA), Ana Paula Afonso, foi investida, ontem, em Caxito, substituindo Ana José Chumbo. A...

Inocêncio de Matos, morto na manifestação do dia 11 de Novembro, vai hoje a enterrar

Passados 18 dias após a morte de Inocêncio Matos, finalmente será realizado o enterro. A família diz estar ultrapassado o diferendo que os opunha...

Rafael Marques defende informação transparente sobre capitais recuperados

O jornalista Rafael Marques, que durante os últimos anos denunciou actos de corrupção e desvios de fundos públicos, defendeu, ontem, na cidade do Lubango,...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.