InicioEm FocoÁfrica regista melhorias na disponibilidade de sangue nos hospitais

África regista melhorias na disponibilidade de sangue nos hospitais

O continente africano registou, nos últimos 10 anos, progresso significativo a nível da disponibilidade e segurança de sangue nas unidades hospitalares, disse hoje, sexta-feira, em Luanda, o director regional da Organização Mundial da Saúde (OMS) para África, Luís Sambo.

(sapo.ao)
(sapo.ao)

Segundo uma nota, assinada pelo responsável, chegada à Angop, a propósito do Dia Mundial do Dador, que se assinala sábado, em 2012 o número de dádivas de sangue na região aumentou para mais de 3,7 milhões de unidades.

Esse número, sublinhou, representa cerca de 45 porcento da quantidade de sangue e de produtos do sangue de que os países necessitam anualmente.

Realçou que o progresso registado está relacionado com o aumento da sensibilização das pessoas para a necessidade vital de haver sangue e produtos de sangue seguros para salvar vida dos pacientes, principalmente para as mulheres que sofrem de hemorragias durante o parto ou no período pós-parto.

Informou que 1 em 38 mulheres morrem de complicações relacionadas com a gravidez, principalmente por falta de sangue ou sangue infectado durante as transfusões, enquanto 1 em 3700 falecem pelas mesmas causas em outras partes do mundo.

Segundo o director, a colheita de sangue através de doaçõs voluntárias e não remuneradas por meio de sistemas organizados de recrutamento de dadores provou ser mais segura e eficaz do que as dádivas adquiridas em cenários hospitalares, provenientes de familiares ou de substituição.

Apesar dos avanços, o número de unidades colhidas continua a ser insuficiente em comparação com as necessidades dos pacientes, fundamentalmente nas zonas rurais onde se regista um nível alto de mortes maternas.

O Dia Mundial do Dador de Sangue será comemorado sob o lema “Sangue seguro para salvar as mães”.   (portalangop.co.ao)

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.