InicioAngolaTrabalho infantil mutila futuro e educação da criança

Trabalho infantil mutila futuro e educação da criança

A directora de projectos da Fundação Lwini, Elda Doutel, afirmou hoje (quinta-feira), em Luanda, que o trabalho infantil impede o desenvolvimento de uma sociedade, bem como mutila o futuro de qualquer criança.

(D.R)
(D.R)

Em declarações à Angop, a propósito do tema “Causas e consequências do trabalho infantil”, referiu que criança é o futuro de uma nação, por isso deve ter uma boa educação e tempo para aprender.

“Já passamos pelo período de guerra, já evoluímos e continuamos com essa prática que é errada, porém a sociedade não deve ficar de braços cruzados e criar mecanismos para o seu combate”, frisou.

Segundo a responsável, o papel de um  adulto não deve ser substituído por uma criança, que tem o direito de crescer, brincar, se formar e posteriormente trabalhar.

“O trabalho infantil é um importante factor de exclusão em todos os países, isso não pode ser naturalizado e precisa ser combatido por nós”, rematou.

Explicou que o trabalho infantil é toda forma de trabalho exercido por crianças e adolescentes, abaixo da idade mínima legal permitida, conforme a legislação de cada país, sendo a forma mais nociva ou cruel de trabalho e além de ser proibida constitui crime.

Fez saber que apesar de os pais serem oficialmente responsáveis pelos filhos, não é hábito dos juízes puni-los. A acção da justiça aplica-se mais a quem contrata menores, mesmo assim as penas não chegam a ser aplicadas. (portalangop.co.ao)

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.