InicioAngolaONU apela à união da comunidade internacional a favor do Iraque

ONU apela à união da comunidade internacional a favor do Iraque

(EPA/DAI KUROKAWA)
(EPA/DAI KUROKAWA)

Dois anos e meio após a sua retirada, os Estados Unidos prometeram hoje ajudar o Iraque através do recurso a meios militares, no combate a esta ofensiva que derrotou o exército formado e equipado por Washington

O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, lançou hoje um apelo à comunidade internacional para que se una a favor do Iraque, que enfrenta uma ofensiva radical islâmica nos arredores de Bagdad.

“O secretário-geral exorta a comunidade internacional a unir-se para exprimir a sua solidariedade com o Iraque, confrontado com um grave défice em matéria de segurança”, afirmou o porta-voz de Ban Ki-moon, em comunicado citado pela agência France Presse.

O secretário-geral da ONU “condena com veemência o recrudescimento da violência no Iraque [que deriva] de grupos terroristas, como o Estado Islâmico no Iraque e o Levante (EIIL), que tomaram o controlo de Mossul, Tuz, Khurmatu, Baiji e Tikrit”.

Apela, por isso, “ao respeito pelas leis humanitárias internacionais e dos direitos humanos nas ações para combater o terrorismo e a violência no Iraque”.

“O terrorismo não tem o direito de vir a desfazer o caminho para a democracia traçado pela vontade do povo iraquiano”, prossegue o comunicado.

Dois anos e meio após a sua retirada, os Estados Unidos prometeram hoje ajudar o Iraque através do recurso a meios militares, no combate a esta ofensiva que derrotou o exército formado e equipado por Washington.

Os rebeldes sunitas tomaram hoje de assalto a cidade de Tikrit e avançaram rumo a Bagdad. Meio milhão de habitantes fugiu, entretanto, da capital iraquiana. (ionline.pt)

por Lusa

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.