- Publicidade-
InicioMundo LusófonoPortugalGoverno recusa extensão do programa e perde último cheque

Governo recusa extensão do programa e perde último cheque

O Governo optou por não pedir aos credores internacionais a extensão do programa de ajustamento e, desta forma, não vai receber o último cheque da troika cujo valor ronda os três mil milhões de euros.

(D.R)
(D.R)

No final da reunião do Conselho de Ministros, a ministra das Finanças explicou que o Governo optou por não prolongar o programa, mas que tal não significa que tenha abdicado de receber o último cheque da troika.

“O Governo não decidiu prescindir. Decidiu não tomar medidas até ao final deste mês e não pedir a extensão. O não recebimento da última tranche é uma consequência desta situação”, explicou Maria Luís Albuquerque.

A ministra que sublinhou ainda que “o que o Governo fez foi tomar decisões que têm como consequência o não recebimento da tranche por se ter gerado incompatibilidade de calendários com a decisão do Tribunal Constitucional”.

A responsável pela pasta das Finanças lembrou ainda que “neste momento a decisão que temos é soberana” e tal é possível graças ao “sucesso que foi o programa de ajustamento”.

“Se o programa não tivesse corrido bem não estaríamos em condições de escolher”, frisou. (noticiasaominuto.com)

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.