InicioMundo LusófonoMoçambiqueGoverno de Moçambique preocupado com riscos de pirataria na costa

Governo de Moçambique preocupado com riscos de pirataria na costa

(IONLINE)
(IONLINE)

O ministro da Defesa de Moçambique, Agostinho Mondlane, declarou hoje em Maputo que a descoberta de recursos energéticos ao largo da costa expõe o país à insegurança marítima, defendendo a melhoria das forças navais para o combate às ameaças.

Mondlane apontou os desafios que Moçambique poderá enfrentar no campo da segurança marítima, quando falava na abertura de um seminário sobre segurança marítima no Oceano Índico, promovido pelo Ministério da Defesa moçambicano, em parceria com o Comando Americano para África, dos EUA.

“Estamos cientes de que a prospeção, produção, processamento e transporte de gás e petróleo e seus derivados trazem consigo grandes desafios relacionados com ações preventivas contra a criminalidade marítima”, afirmou o ministro da Defesa de Moçambique.

A qualificação da marinha moçambicana, assinalou Agostinho Mondlane, é uma das ações essenciais para a prevenção e combate à pirataria e de vários tipos de tráfico nas águas territoriais moçambicanas.

Por seu turno, o embaixador norte-americano em Maputo, Douglas Griffiths, também apontou a descoberta de recursos energéticos como um fator de apetência para organizações criminosas que operam ao largo do Oceano Índico.

“Achamos que é um bom momento para preparar uma estratégia de proteção da costa moçambicana, estamos neste momento focados na promoção da capacidade da marinha em responder a possíveis ameaças à segurança marítima”, disse Griffiths. (ionline.pt)

por Lusa

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.