- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola General Nunda confiante na pacificação dos Grandes Lagos

General Nunda confiante na pacificação dos Grandes Lagos

O chefe de Estado Maior General das Forças Armadas Angolanas, general de exército Geraldo Sachipengo Nunda, afirmou quarta-feira, em Luanda, que a pacificação total na região dos Grandes Lagos deverá ser alcançada.

General Sachipengo Nunda - Chefe de Estado Maior general das Forças Armadas Angolanas  (ANGOP)
General Sachipengo Nunda – Chefe de Estado Maior general das Forças Armadas Angolanas (ANGOP)

O general Nunda falava na cerimónia de abertura da reunião do comité de chefes de estado maior da Conferência Internacional sobre a Região dos Grandes Lagos (CIRGL), na qualidade de presidente em exercício deste órgão militar, que ontem iniciou, na capital do país.

“Se na RDCongo a estabilidade se vislumbra, devemos por isso concentrar os nossos esforços na solução definitiva do conflito. Por outro lado é nossa missão também prestar uma atenção particular à situação na República Centro Africana e no Sudão do Sul, mesmo depois do acordo alcançado entre as partes em conflito neste último país”, referiu

Para o responsável militar angolano, analisando o estado destes países, considera-se mais preocupante a RCA em que o governo de transição encontra-se numa situação difícil para manter a ordem e a tranquilidade no país, dada a acção dos grupos rebeldes em conflito e que frequentemente confrontam as forças de manutenção de paz e atacam as populações indefesas.

Desde que Angola assumiu a presidência da CIRGL, a 15 de Janeiro de 2014 e, concomitantemente do Comité de chefes de Estado Maior General ou das Forças de Defesa dos Estados membros deste organismo regional, esta é a segunda reunião deste mecanismo de defesa e segurança que se realiza em Luanda, no espaço de pouco menos de três meses.

Esta reunião de dois dias, que antecede ao encontro do Comité de Ministros da Defesa da CIRGL, que terá lugar também na capital angolana, nesta sexta-feira, analisa os relatórios do Mecanismo Conjunto de Verificação Alargado (MCVA) sobre a situação de segurança no Leste da RDCongo, e a assinatura do memorando de entendimento entre a CIRGL e a MONUSCO.

A situação administrativa e financeira do MCVA, a análise e adopção do orçamento do MCVA para o exercício 2014, bem como a discussão sobre a transmissão dos relatórios do MCVA aos parceiros União Europeia, União Africana e SADC, estarão também em discussão no encontro.

Angola assume desde Janeiro deste ano a Presidência rotativa da Conferência Internacional sobre a Região dos Grandes Lagos. (portalangop.co.ao)

- Publicidade -
- Publicidade -

Jornalistas agredidos em Nampula em pleno trabalho

Os profissionais foram agredidos e seus equipamentos retidos Dois jornalistas do canal televisivo moçambicano Media Mais TV foram agredidos na terça-feira, 24, num bairro da...
- Publicidade -

Família de manifestante morto em Luanda insiste em autópsia independente com presença de fotógrafo

Depois da recusa da PGR, quarta tentativa está marcada para amanhã Três semanas após a morte do estudante angolano Inocêncio Alberto de Matos durante a...

Petróleo ilumina mercados

O preço do barril de Brent negociou, ontem, ao meio-dia, no mercado de Londres, no valor de 47,70 dólares, uma variação positiva de 1,62...

PM guineense quer manter ministro da Economia no Governo e recusa sua demissão

Victor Mandinga pediu demissão depois da nomeação de vice-primeiro-ministro O primeiro-ministro da Guiné-Bissau, Nuno Gomes Nabiam, disse nesta terça-feira, 24, não ter aceite o pedido...

Notícias relacionadas

Jornalistas agredidos em Nampula em pleno trabalho

Os profissionais foram agredidos e seus equipamentos retidos Dois jornalistas do canal televisivo moçambicano Media Mais TV foram agredidos na terça-feira, 24, num bairro da...

Família de manifestante morto em Luanda insiste em autópsia independente com presença de fotógrafo

Depois da recusa da PGR, quarta tentativa está marcada para amanhã Três semanas após a morte do estudante angolano Inocêncio Alberto de Matos durante a...

Petróleo ilumina mercados

O preço do barril de Brent negociou, ontem, ao meio-dia, no mercado de Londres, no valor de 47,70 dólares, uma variação positiva de 1,62...

PM guineense quer manter ministro da Economia no Governo e recusa sua demissão

Victor Mandinga pediu demissão depois da nomeação de vice-primeiro-ministro O primeiro-ministro da Guiné-Bissau, Nuno Gomes Nabiam, disse nesta terça-feira, 24, não ter aceite o pedido...

Ministro moçambicano da Defesa celebra conquistas em Cabo Delgado, mas analistas sugerem cautela

"Não é por se ter recuperado a vila de Muidumbe, que tinha sido ocupada pelos insurgentes, que se vai celebrar a vitória", diz analista...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.