- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Encontro de alto nível analisa investimento

Encontro de alto nível analisa investimento

O ministro da Economia, Abrahão Gourgel, participa, em Addis Abeba, Etiópia, na Mesa-Redonda de Alto Nível sobre o investimento responsável do sector privado na Região dos Grandes Lagos, numa promoção conjunta do Escritório da Enviada Especial do secretário-geral da ONU e do UN Global Compact.

Ministro da Economia, Abrahão Gourgel (D.R)
Ministro da Economia, Abrahão Gourgel
(D.R)

A presença de Angola surge na sequência do convite endereçado ao Presidente da República, José Eduardo dos Santos, pela Enviada Especial do secretário-geral das Nações Unidas para a Região dos Grandes Lagos, Mary Robinson.

O encontro, que se realizou à margem das Reuniões do Pacto Mundial das Nações Unidas, teve como objectivo promover a sustentabilidade das empresas como um meio para assegurar um futuro comum, seguro e durável, e preparar o terreno para investimentos de maior qualidade e de carácter responsável na Região dos Grandes Lagos nos sectores das Infra-estruturas, Energia, Agro-indústria, Turismo, Tecnologia da Informação e de Comunicação e Exploração Mineira.

Os participantes na Mesa-Redonda estão divididos em grupos de trabalho paralelos e estão a analisar os seis sectores referenciados. Cada grupo é convidado a explorar e analisar um conjunto de questões específicas. Os resultados das discussões em grupo foram apresentados ontem em sessão plenária.

A participação de Angola visa reunir e sistematizar os pontos mais relevantes a determinar o êxito na atracção de investimentos do sector privado, nacionais e estrangeiros, sustentáveis, de longo prazo, no sector da energia e das infra-estruturas, com aplicabilidade nas economias dos países que compõem a Região dos Grandes Lagos.

A mesa redonda é uma etapa para a realização da Conferência sobre o Investimento Privado dos Grandes Lagos, prevista para o segundo semestre de 2014, que foi aprovada pelo Mecanismo Regional de Acompanhamento, a 31 de Janeiro deste ano.

O encontro junta um grupo seleccionado de representantes do sector privado e de eminentes representantes da região que participam num diálogo sobre Investimento Responsável para Promover a Paz, a Estabilidade, a Integração Económica Regional e a Criação de Emprego na Região dos Grandes Lagos. (sapo.ao)
- Publicidade -
- Publicidade -

Potencial petrolífero é de 40 mil milhões de dólares

As empresas angolanas do sector petrolífero apenas aproveitam cerca de 10 por cento do potencial estimado em 40 mil milhões de dólares que a...
- Publicidade -

França quer punir delito de “ecocídio”

Proposta apoiada pelo governo prevê pena de até dez anos de prisão e multa de até 4,5 milhões de euros para quem causar danos...

Burkina Faso: Jihadistas impedem o voto de 300 mil eleitores

As eleições presidenciais e legislativas no Burkina Faso tiveram lugar num contexto de ameaças de grupos radicais islâmicos. Não houve registo de violência na...

Obras do novo Aeroporto Internacional de Luanda retomadas em Janeiro de 2021 e sem financiamento adicional, garante ministro dos Transportes

As obras do novo aeroporto internacional de Luanda vão ser retomadas no princípio de 2021 e serão concluídas no prazo de dois anos, garantiu...

Notícias relacionadas

Potencial petrolífero é de 40 mil milhões de dólares

As empresas angolanas do sector petrolífero apenas aproveitam cerca de 10 por cento do potencial estimado em 40 mil milhões de dólares que a...

França quer punir delito de “ecocídio”

Proposta apoiada pelo governo prevê pena de até dez anos de prisão e multa de até 4,5 milhões de euros para quem causar danos...

Burkina Faso: Jihadistas impedem o voto de 300 mil eleitores

As eleições presidenciais e legislativas no Burkina Faso tiveram lugar num contexto de ameaças de grupos radicais islâmicos. Não houve registo de violência na...

Obras do novo Aeroporto Internacional de Luanda retomadas em Janeiro de 2021 e sem financiamento adicional, garante ministro dos Transportes

As obras do novo aeroporto internacional de Luanda vão ser retomadas no princípio de 2021 e serão concluídas no prazo de dois anos, garantiu...

Sonangol e Endiama serão parcialmente privatizadas até 2022

O Governo vai dispersar em bolsa uma parte das empresas petrolífera e diamantífera Sonangol e Endiama em 2021 ou no início de 2022, disse...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.