InicioAngolaRegiõesLuanda: Porto de Luanda reforça actividades de fiscalização ambiental

Luanda: Porto de Luanda reforça actividades de fiscalização ambiental

O Porto de Luanda tem estado a reforçar as suas suas actividades de fiscalização ambiental, através da aplicação de convenções internacionais e leis nacionais viradas à salvaguarda da vida marinha e da poluição resultante da operação dos navios.

Medidas visam salvaguarda da vida marinha (ANGOP)
Medidas visam salvaguarda da vida marinha (ANGOP)

Em entrevista à Angop por ocasião do Dia Mundial dos Oceanos, assinalado domingo, o responsável do departamento ambiental da empresa, Natalino Mateus, assegurou que esforços continuam a ser envidados para minimizar o impacto da actividade portuária sobre o meio ambiente.

“Os oceanos constituem um grande recurso natural para o ser humano, por isso reveste-se de grande importância a sua preservação e conservação, visto que o seu ecossistema deve ser conservado para as gerações vindouras”, disse o responsável.

O Porto de Luanda, de acordo com a fonte, tem aplicado as convenções Marpol 73/78, que defende a preservação da poluição por navios, Solas 74, que salvaguarda a vida no mar, além da lei de base do ambiente, do regulamento sobre impacto ambiental, entre outros decretos nacionais.

Entre os tipos de poluição causada pela actividade dos portos, Natalino Mateus apontou os derrames de óleos, esgotos, obras de infra-estruturas portuárias, descargas e armazenamento de mercadorias.

No quadro das responsabilidades da empresa sobre o meio ambiente, o responsável referiu que têm sido realizadas acções periódicas atinentes à monitorização dos serviços de acondicionamentos, remoção, armazenamento, transporte e distinção adequada de resíduos provenientes de actividades portuárias.

Prevenir, controlar e mitigar a poluição do ar, água e solo por substancias contaminadas, nocivas e perigosas são outras iniciativas levadas a cabo pela empresa Portuária de Luanda, em prol da conservação do ecossistema marinho.

“O dia-a-dia tem sido muito trabalhoso, temos uma equipa que trabalha na fiscalização do ambiente terrestre, marítimo e atmosféricos”, concluiu o chefe de departamento ambiental do Porto de Luanda. (portalangop.co.ao)

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.