- Publicidade-
InicioAngolaRegiõesBenguela: Acidentes de viação causam 13 mortos e 44 feridos em sete...

Benguela: Acidentes de viação causam 13 mortos e 44 feridos em sete dias

Treze pessoas morreram e 44 ficaram feridas, em consequência de 42 acidentes de viação registados nos últimos sete dias, na província de Benguela, pelo comando provincial da Polícia Nacional.

Arquivo: Acidentes continuam a fazer vítimas (Foto: Lucas Leitão)
Arquivo: Acidentes continuam a fazer vítimas (Foto: Lucas Leitão)

De acordo com o chefe de departamento de prevenção à sinistralidade rodoviária, intendente Pinto Caimbambo, que falava à Angop, comparativamente ao mesmo periodo anterior, houve um acréscimo de quatro acidentes de viação e dois mortos.

O responsável adiantou que dos acidentes destacam-se 15 atropelamentos, 10 choques entre velocípedes, oito entre veiculos automóveis e motociclos com motor, cinco despistes e quatro choques entre veículos automóveis, cujos danos estão avaliados em três milhões e 334 mil kwanzas.

Segundo o oficial, o município de Benguela continua a ser a localidade mais visada com 16 acidentes, seguido do Lobito com 11, Catumbela, Bocoio e Chongoroi com três acidentes cada.

O intendente apontou o excesso de velocidade, o desrespeito às regras do código de estrada, bem como a condução sob efeito de álcool, como principais causas que contribuíram para os acidentes registados nos últimos sete dias.

Pinto Caimbambo referiu que a estrada do Casseque que liga os municípios de Benguela à Baía-Farta, e a número 100 Catumbela/Lobito lideram os pontos com maior ocorrência de acidentes e mortes.

Informou que o comando da Polícia Nacional vai continuar a redobrar estratégias através de operações stop nas entradas e saídas da província com uso de bafómetros, com vista a reduzir consideravelmente os índices de mortes por acidente de viação. (portalangop.co.ao)

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.