- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Economia Portugal: Banca e Mota-Engil colocam bolsa no rumo dos ganhos na Europa

Portugal: Banca e Mota-Engil colocam bolsa no rumo dos ganhos na Europa

A bolsa portuguesa inverteu a tendência de queda ligeira da abertura e está agora a acompanhar o sentimento positivo que marca a negociação na Europa. Mota-Engil e EDP já atingiram máximos de, pelo menos, seis anos.

(DR)
(DR)

A bolsa portuguesa inverteu a tendência negativa da abertura e está a acompanhar os ganhos das restantes praças europeias, com a banca e a Mota-Engil a determinarem a subida do PSI-20.

O PSI-20 sobe 0,49%, para 7.383,13 pontos, com 16 cotadas em alta e quatro em queda, numa sessão positiva para as restantes praças europeias, que estão a prolongar os máximos de seis anos registados na semana passada.

A impulsionar a negociação continuam as medidas anunciadas pelo BCE na passada quinta-feira para sustentar o crescimento económico na Europa, bem como o maior optimismo dos investidores em relação ao andamento da economia global.

Por cá, a banca é o principal impulsionador da bolsa. Apesar de ter iniciado a sessão a desvalorizar, o sector segue com valorizações na casa de 1%. O BPI lidera os ganhos, com uma subida de 1,3% para 1,789 euros, enquanto o BCP avança 1,03% para 0,205 euros.

Já o BES aprecia 0,91% para 1,112 euros, naquele que é o último dia para comprar as novas acções do banco no âmbito do aumento de capital que a instituição está a realizar.

A suportar os ganhos da banca continua o facto de o Governo ter aprovado a legislação que permite a conversão de impostos diferidos em créditos fiscais, uma lei que vai permitir libertar capital ao sector financeiro.

Além disso, os títulos estão também a ser impulsionados pela descida dos juros da República. As “yields” portuguesas estão a descer em praticamente todos os prazos, com os juros a dois e a cinco anos em mínimos históricos.

Em destaque está ainda a Mota-Engil. A construtora, que disparou mais de 9% na última sessão, sobe 4,52% para 6,17 euros, tendo já tocado nos 6,35 euros, o que corresponde ao valor mais elevado desde Outubro de 2007, num dia em que o Negócios noticia que a empresa já está a preparar o “roadshow” que tem previsto fazer no final deste mês de Junho para apresentar o projecto de dispersão em bolsa de parte do capital da Mota-Engil África à comunidade de investidores.

Uma nota positiva ainda para a PT. A operadora soma 0,85%, para 2,858 euros, com a companhia a contribuir para o sentimento positivo em Lisboa. Ainda no sector das telecomunicações, a Zon Optimus avança 0,74%, para 5,027 euros.

Já as acções da EDP estão a subir 0,19% para 3,627 euros, tendo já tocado esta manhã nos 3,642 euros, o que corresponde a um novo máximo de 19 de Junho de 2008.

Já a penalizar a negociação está esta manhã a Portucel. A papeleira cai 5,74% para 3,546 euros, no dia em que está a registar o ajuste técnico do dividendo de 28 cêntimos que vai distribuir aos seus accionistas. Se não fosse este ajuste, as acções estariam a subir 1,7%.

Nota: No dia em que uma cotada passa a negociar em bolsa sem direito ao dividendo, as acções sofrem um ajuste correspondente ao valor da remuneração. Esta descida de valor afecta o comportamento do índice em que a cotada está integrada, pelo que o Negócios noticia a variação real das acções e não a verificada após o ajuste do dividendo. (jornaldenegocios.pt)

por Patrícia Abreu

- Publicidade -
- Publicidade -

País em fase de mudanças na Justiça – PGR

A Procuradora-Geral-Adjunta da República, Margarida Gonçalves, destacou, nesta segunda-feira, em Luanda, que o país está numa fase de grandes mudanças a nível da Justiça. A...
- Publicidade -

Bispo e pastores da IURD condenados com pena suspensa

O Tribunal Municipal do Talatona condenou, nesta segunda-feira, um bispo e dois pastores da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD), a 45 dias...

Activos recuperados são “tóxicos” para os cofres públicos

Parte significativa dos activos constituídos com fundos públicos que estão a ser recuperados pelo Executivo são considerados tóxicos, segundo especialistas ouvidos pelo Expansão, já...

Melania levará 50 milhões pelo divórcio

Com Donald Trump fora da Casa Branca, a mulher do Presidente está a contar os minutos para acabar com o casamento, que há muito...

Notícias relacionadas

País em fase de mudanças na Justiça – PGR

A Procuradora-Geral-Adjunta da República, Margarida Gonçalves, destacou, nesta segunda-feira, em Luanda, que o país está numa fase de grandes mudanças a nível da Justiça. A...

Bispo e pastores da IURD condenados com pena suspensa

O Tribunal Municipal do Talatona condenou, nesta segunda-feira, um bispo e dois pastores da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD), a 45 dias...

Activos recuperados são “tóxicos” para os cofres públicos

Parte significativa dos activos constituídos com fundos públicos que estão a ser recuperados pelo Executivo são considerados tóxicos, segundo especialistas ouvidos pelo Expansão, já...

Melania levará 50 milhões pelo divórcio

Com Donald Trump fora da Casa Branca, a mulher do Presidente está a contar os minutos para acabar com o casamento, que há muito...

Afreximbank em alta, depois da crise

Sob a liderança de Benedict Oramah, reeleito como seu presidente em Junho, o banco pan-africano conseguiu desenvolver novos instrumentos para se adaptar à nova...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.