InicioAngolaRegiõesCuanza Norte: Projecto habitacional da Banga recebe iluminação pública

Cuanza Norte: Projecto habitacional da Banga recebe iluminação pública

Banga- A nova zona habitacional do município da Banga, Cuanza Norte, que compreende, numa primeira fase 100 residências, âmbito do projecto de construção de 200 habitações, beneficia, actualmente, de obras de instalação da iluminação pública.

(Foto: Marcio Melo)
(Foto: Marcio Melo)

No quadro desta acção foram implantados nas ruas do novo complexo residencial, localizado na sede municipal, 72 postes de iluminação, sendo que para o fornecimento de energia eléctrica será montado, em breve, um grupo gerador,  cuja aquisição insere-se no programa de investimentos públicos.

Em declarações à Angop, o chefe da equipa de trabalhos, António Mateus Bernardo, salientou que a obra constitui a primeira fase do processo de iluminação do novo complexo residencial, já que a segunda será implementada logo esteja concluída a edificação das restantes 100 casas inscritas no projecto.

O novo complexo residencial da Banga consta de moradias da tipologia T3, que compreendem uma sala, três quartos, cozinha, bem como casa de banho, cada.

As residências do projecto receberão também electricidade a partir do mesmo sistema.

Segundo deu a conhecer o técnico afecto à empresa Angolaca, trabalhos semelhantes foram já realizados nos projectos habitacionais homólogos dos municípios de Quiculungo e de Bolongongo.

Localizada 156 quilómetros a norte de Ndalatando, capital da província do Cuanza Norte, a vila da Banga, habitada por cerca de duas mil pessoas, é actualmente abastecida de electricidade por um gerador de 700 KVA.

Para o chefe da área económica da Administração Municipal, Domingos João Gomes, a entrada em funcionamento do sistema de iluminação das ruas da nova área habitacional melhorará o nível de vida dos residentes, sendo também um contributo para a segurança dos cidadãos, no período nocturno. (portalangop.co.ao)

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.