InicioMundoÁfricaNovo presidente egípcio tomou posse

Novo presidente egípcio tomou posse

(REUTERS)
(REUTERS)

O antigo chefe do exército egípcio Abdel Fattah al-Sisi, eleito presidente com 96,9% dos votos um ano depois de ter destituído e detido o antecessor, o islamita Mohammed Morsi, tomou hoje posse.

Numa cerimónia perante o Tribunal Constitucional e transmitida pela televisão, o marechal jurou, «em nome de Deus, respeitar a lei e a Constituição» egípcias e preservar a independência da nação e a sua integridade territorial.

O marechal na reforma Al-Sisi ganhou as presidenciais, realizadas em 26, 27 e 28 de maio, com 96,9% dos votos expressos, mas apenas 47,5% dos eleitores inscritos votou e o poder que dirige “de facto” desde o golpe de Estado contra Morsi, a 03 de junho de 2013, eliminou toda a oposição, islamita, liberal ou laica.

Depois de ter derrubado Morsi, primeiro presidente eleito democraticamente no Egito, Al-Sisi – então chefe do exército – criou um governo interino, que instalou uma implacável e sangrenta repressão dos apoiantes de Morsi, em particular da confraria islamita Irmandade Muçulmana, que venceu todas as eleições desde a queda de Hosni Mubarak, no início de 2011.

Em algumas semanas, mais de 1.400 manifestantes pró-Morsi foram mortos pelas balas de soldados e polícias, e mais de 15 mil membros da Irmandade Muçulmana foram detidos. A confraria, proibida e decretada «organização terrorista», apelou ao boicote das presidenciais. (tsf.pt)

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.