InicioEconomiaAngola InvesteAngola Investe aprova 252 projectos para financiamento

Angola Investe aprova 252 projectos para financiamento

Os bancos comerciais aprovaram até agora, no âmbito do programa do Governo Angola Investe, 252 projectos para financiamento às micro, pequenas e médias empresas, anunciou nesta quinta-feira, o ministro da Economia, Abrahão Gourgel.

Abrahão Gourgel- Ministro da economia (Foto: angop/arquivo)
Abrahão Gourgel- Ministro da economia (Foto: angop/arquivo)

Segundo o governante, que falava na gala “PME de Excelência”, promovida pelo Banco Millennium Angola, o financiamento aprovado corresponde a um total 50 biliões de kwanzas, tendo sido disponibilizado 23 biliões de kwanzas.

De acordo com o ministro, as pequenas empresas responderam por 35% do número de financiamentos aprovados, e por 15% em termos de valor, enquanto as empresas de médio porte somaram 50% dos pedidos aprovados, o que correspondeu a 85% dos valores aprovados.

Por outro lado, o ministro disse que, para remover os obstáculos de acesso das MPME ao crédito, existe o Fundo de Garantia de Crédito (FGC), que tem à sua disposição 15 biliões de kwanzas. Até agora, foram concedidas 169 garantias de crédito, por 13 bancos, num total de 21.460 milhões de kwanzas milhões de kwanzas, representando cerca de 83% do fundo disponível.

Esclareceu que as garantias concedidas pelo FGC substituem as garantias que as MPME teriam que fornecer aos bancos, desta forma superando um dos principais entraves do acesso ao crédito.

“Já a bonificação dos juros permite reduzir ainda mais os encargos financeiros das MPME, cuja maior parte é assumida pelo Governo, sendo de 5% ao ano a taxa máxima de juros a ser assumida pelo empreendedor” – disse.

Abrahão Gourgel afirmou que a iniciativa de bonificação de juros já é o maior programa de apoio ao crédito lançado pelo Executivo. O valor total de crédito aprovado (48,9 mil milhões de kwanzas) é superior aos valores financiados, quer no crédito agrícola de campanha, quer no Programa de Apoio ao Pequeno Negócio (PROAPEN).

Segundo o ministro, na linha de capital de risco do FACRA está em curso a análise de mais de 200 projectos, com vista à participação accionista do Fundo. No Orçamento Geral do Estado para 2013 foram apenas incluídos 10 biliões kwanzas, dos quais, até ao momento, foram disponibilizados AKZ 7 biliões.

O Angola Investe é um programa do Executivo angolano aprovado em 2011 que tem por finalidade apoiar as iniciativas de negócio das micro, pequenas e médias empresas. (portalangop.co.ao)

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.